terça-feira, 29 de novembro de 2011

Web Novela - ''Medo De Amar'' 38º CAPÍTULO


38º Capítulo - Roberta e Diego voltam
Pedro fala com elas que acha que elas realmente estão erradas, já Franco, acha que elas agiram certo, e que Diego agiu como uma criança.As três continuam chorando, enquanto isso, Roberta está no táxi com Carla e Tomás, tentando ligar para Diego, que não atende.Ela liga de novo e ele atende.
LIGAÇÃO ON'
Roberta: Diego, meu amor, a gente precisa conversar..
Diego: A gente não tem nada para conversar Roberta, vai ficar com elas..
Roberta: Mais, Diego, e agente ? e o nosso filho ? Você vai me abandonar na hora em que eu mais preciso, você me prometeu que não iria me abandonar - ela dizia chorando
Diego: Depois a gente conversa sobre isso, mais eu não irei te abandonar, eu vou dar tudo que o nosso filho precisar, amor, carinho, TUDO.
Roberta: E nós Diego, acabou ? Não Diego, eu preciso de você, eu te amo. - ela chorava muito
Diego: Roberta, aonde a gente pode se encontrar ? 
Roberta: Pode ser em algum restaurante, eu ainda não almocei
Diego: Pode, a gente se encontra lá daqui a 10 minutos, pode ser ?
Roberta: Pode.
Diego: Tchau Roberta.
Roberta: Tchau
LIGAÇÃO OFF'
Carla: E então amiga ?
Roberta: A gente vai conversar, mais parece que ele não me quer mais amiga, ele vai me abandonar - ela dizia chorando
Carla: Amiga, fica calma, ele não vai te abandonar, vocês vão se acertar, eu tenho certeza.
Roberta: Mais a culpa, nem foi minha, ele foi embora e eu fiquei sem intender nada.
Carla: Calma amiga, vocês vão se acertar..
Roberta: Eu estou torcendo pra isso acontecer 
Carla abraca a amiga, e elas vão de táxi até o restaurante.
Carla: Amiga, quer que eu vá com você ?
Roberta: Não amiga, obrigado, qualquer coisa eu te mando uma mensagem e você e o Tomás entram lá.
Carla: Ok. Boa Sorte amiga
Roberta: Obrigada
Roberta sai do táxi, e entra no restaurante, ela chega e Diego já está lá sentado em uma mesa, ela vai até ele, e se senta.
Diego: E então, como você tá ?
Roberta: Péssima né ? Você me deixou lá, sozinha, sem entender nada.
Diego: Roberta, eu posso explicar.
Roberta: Então explica.
Diego: Eu sai de lá porque ninguém quis saber como eu estava, não me pediu desculpas, e eu também fiquei magoado, sou homem mas também tenho sentimentos.
Roberta: Eu sabia que era por isso, eu ainda falei com elas depois.. Diego eu preciso de você, eu te amo, você falou que não iria me abandonar, que a gente ia dar um jeito. - ela chorava.
Diego: Roberta meu amor, não chora, eu nunca vou te abandonar - ele enxugava as lágrimas dela.
Roberta: Mais, você não me quer mais, como eu vou viver sem você meu amor
Diego: Quem disse que eu não te quero mais, eu te quero muito, eu te amo.
Roberta: Mais, você vai ficar comigo só por causa do nosso filho ? Se for assim, eu não quero.
Diego: Claro que não, eu te amo Roberta. 
Eles se beijam.
Diego: Agora vamos almoçar, porque minhas lindas, devem estar com fome né ?
Roberta: Lindas ?
Diego: Você e a nossa pequena aí - ele passava a mão na barriga dela.
Roberta ri.Eles almoçam.
Diego: Vamos embora ?
Roberta: Pra onde ?
Diego: Você trouxe suas malas ?
Roberta: Sim, eu vim com a Carla e com o Tomás de táxi.
Diego: Então eu vou pegar suas malas, e vamos para um hotel.
Roberta: Ok.
Os dois se beijam.Diego paga a conta e sai do Restaurante de mãos dadas com ela, ele pega as malas dela no táxi, cumprimente Carla e Tomás, e os dois saem no táxi para o hotel.Eles chegam no hotel, entram, Diego vai até a recepção e Roberta espera sentada no sofá do hotel.
Recepcionista: Boa Tarde Senhor!
Diego: Boa tarde!
Recepcionista: Em que posso ajudá-lo ?
Diego: Eu gostaria de me hospedar em um quarto.
Recepcionista: Quarto de casal com suíte ou solteiro com suíte ?
Diego: Casal com suíte.
Recepcionista: Com banheira de hidromassagem ?
Diego: Pode ser.
Recepcionista: Você está sozinho ?
Diego: Não, estou com minha namorada.
Recepcionista: Ok, pedirei aos carregadores, para levarem suas malas para o quarto 606, aqui está a chave - ela dizia entregando a chave a ele.
Ele pegou a chave.
Diego: Obrigado
Recepcionista: De nada.
Diego vai até Roberta.
Diego: Vamos ?
Roberta: Sim
Eles se beijam e sobem o elevador, logo em seguida os carregadores de malas, chegam com as malas deles, os carregadores deixam as malas lá e saem, enquanto isso Diego e Roberta conversam deitados na cama.
Diego: Ah como é bom estar em um lugar sossegado com as pessoas mais importantes da minha vida - ele dizia passando a mão na barriga de Roberta e beijando a barriga dela, que apesar de pequena, tinha um ser ali dentro.
Roberta: Ah meu amor, eu te amo tanto!
Diego: Eu também te amo muito.
Os dois se beijam.
Diego: Você achou mesmo que eu iria te abandonar ?
Roberta: Achei
Diego: Claro que não meu amor, eu nunca irei te abandonar, eu amo muito vocês duas.
Roberta: Duas ?
Diego: Você e a nossa pequena
Roberta: Eu ainda tenho que me acostumar com isso - ela ri
Diego ri também.
Roberta: Você fica chamando ela de pequena, ou seja, você quer que seja menina ?
Diego: Quero não, eu sei que é menina.
Roberta: Eu quero que seja menino, lindo igual o pai.
Diego: E eu quero uma menina, linda igual a mãe..
Os dois se beijam.

CONTINUA ...

Nenhum comentário: