domingo, 18 de março de 2012

Web Novela - ''Medo De Amar'' 125º CAPÍTULO


125º Capítulo - A festa de Diego
Depois do beijo, eles continuam conversando, já eram 16:30(4:30).
Roberta: Amor
Diego: Hum
Roberta: Sabe aquela hora que eu pedi pra Dani pegar o bolo, mas depois não deixei ela subir ?
Diego: Sei
Roberta: Então, você sabe por que eu não deixei ela subir né ?!
Diego: Lógico que eu sei - ele ri maliciosamente
Roberta: Imagina se eu tivesse esquecido e deixado ela vim, eu ia morrer de vergonha, é lógico que ela não ia falar nada com a gente, só que ela ia ver aquela zona que a gente fez ontem a noite, sua cueca tava em cima da minha cadeira, o vestidinho que eu vesti ontem tava todo encharcado de óleo no chão, fora os lençóis da minha cama né ?! Que estavam todos melados de óleo e gozo - eles riram
Diego: Você que arrumou ?
Roberta: É né ?! Eu não ia deixar ninguém arrumar aquela zona, a gente paga eles mas, é até um abuso pedir pra eles arrumarem um lugar assim.
Diego: É verdade, mas, vamos parar de falar disso, eu quero um beijo.
Roberta: Só um ?
Diego: Vários - ele faz uma cara de safado
Roberta: Não, não, é melhor só um mesmo, com essa cara sua de safado ai você quer é muito mais e agora não é hora disso
Diego: Ah, é claro que é amor, toda hora é hora de fazer amor - Roberta começa a rir Do que você tá rindo amor ?
Roberta: De você, você falou tão sério, como se estivesse falando em uma empresa e não sobre sexo
Diego: Boba, não é sexo é amor 
Roberta: Tá, tá, sendo sexo ou amor, não é hora disso
Diego: Ah - ele faz bico
Roberta: E pode tirar esse bico aí - ela dá um selinho nele, eles ficam conversando, rindo, se beijando até 18:30(6:30).
Roberta: Amor, eu vou começar a me arrumar
Diego: Já ? São 18:30(6:30) amor, tá cedo
Roberta: Tá nada, e você pode começar a se arrumar daqui a pouco tá ?! A gente não pode se atrasar
Diego: Como assim a gente não pode se atrasar ? - ele diz confuso, e ela percebe que falou demais
Roberta: Atoa, atoa, vou lá embaixo beber água e já volto
Diego: Ok - ela dá um selinho nele, depois sai do seu quarto e desce pra cozinha, ela bebe água e depois liga pro pai de Diego.
LIGAÇÃO ON'
Leonardo: Alô!
Roberta: Leo, é a Roberta
Leonardo: Ah, oi Roberta, tudo bem ?
Roberta: Tudo sim e com você ?
Leonardo: Estou bem
Roberta: Bom, eu te liguei pra confirmar o horário da festa do Diego
Leonardo: Ah tá, vai ser 20:30(8:30) né ? 
Roberta: Isso, bom, agora eu vou desligar se não o Diego vem atrás de mim e ouve
Leonardo: Ok, tchau minha nora
Roberta: Tchau meu sogro
LIGAÇÃO OFF'
Roberta sobe e vai pro seu quarto.
Diego: Demorou
Roberta: É, eu comi umas uvas também
Diego: Ah tá, vem cá ficar comigo amor
Roberta: Amor, eu tenho que tomar banho, me arrumar e me maquiar ainda
Diego: Ah, só um pouquinho vai, hoje é meu aniversário né ?!
Roberta: Tá bom, tá bom, só 10 minutinhos tá ?
Diego: 20
Roberta: 15
Diego: 18
Roberta: 15
Diego: 16
Roberta: Tá bom, 16 minutos. - ela vai até a cama e deita com Diego e eles ficam se beijando, durante uns minutos, depois parava pra respirar e voltavam de novo, até dar 16 minutos.
Roberta: Pronto, agora eu vou tomar banho - ela se levanta da cama
Diego: Ah não amor, só mais 5 minutinhos
Roberta: Amor, já são 18:50(6:50)
Diego: Ah, só 5 minutinhos
Roberta: Tá bom, tá bom, só 5 minutos - ela se deita na cama com ele de novo e eles começam a se beijar, passam se 10 minutos e ela para o beijo com selinhos.
Roberta: Já chega, agora eu vou tomar banho - ela se levanta da cama
Diego: Tá bom, posso ir com você ?
Roberta: Pode, vem logo - ele se levanta e os dois vão pro banheiro, ela coloca a banheira pra encher, eles tiram a roupa e entram na banheira, eles tomam banho, se secam e vão se arrumar, já eram 19:30(7:30). Os outros casais fazem o mesmo. Alice, Pedro, Carla, Tomás, Téo, Márcia, Leonardo, Sílvia e os amigos de Diego já estavam na boate esperando ele e Roberta.
Roberta e Diego terminaram de se arrumar, já era 20:20(8:20).
Diego: Vamos amor ?
Roberta: Vamos, ah, o pessoal já foi
Diego: Já, por que ?
Roberta: Ah, não sei, eles foram agora mesmo.
Diego: Ah tá, então vamos - ele pega na mão dela, eles saem do quarto dela, descem a escada, saem de casa, entram no carro dele e vão pra boate, quando eles estão quase chegando, Alice liga pra Roberta.
LIGAÇÃO ON'
Alice: CADÊ VOCÊS MANA ?
Roberta: Estamos chegando mana, beijo, tchau - ela desliga na cara de Alice
LIGAÇÃO OFF'
Diego: Alice ?
Roberta: Aham, tive que desligar na cara dela, ela ia perguntar se fomos sequestrados ou algo assim, poxa nem atrasamos 5 minutos
Diego: Ela é doida
Roberta: É - eles riem, e rapidinho chegam na boate, eles entram e estava tudo apagado, Roberta aperta em um botão que estava na parede, tudo se acende e todos gritam.
TODOS: FELIZ ANIVERSÁRIO DIEGO! - Diego vê aquilo tudo, olha pra namorada e sorri.
De um lado da boate havia um letreiro digital escrito ''FELIZ ANIVERSÁRIO DIEGO'', a posta de dança, o palco, um bar e alguns pufs espalhados pela festa, do outro lado havia cadeiras e mesas e a mesa principal da festa.
FESTA
Todos vão desejar os parabéns pra Diego, e entregar os presentes, depois disso tudo, Diego vai até Roberta, que estava sentada em um puff afastado de todos da festa.
Diego: Amor, tá tudo bem ?
Roberta: Tá sim
Diego: Por que você tá aí quietinha, sozinha ? 
Roberta: Atoa
Diego: Tem certeza ?
Roberta: Tenho
Diego: Amor, tem certeza que não aconteceu nada ? Você tá aí triste, por que ?
Roberta: Tenho amor, não aconteceu nada, e eu não estou triste.
Diego: Então sorri pra mim - ela sorri Isso ai, assim que eu gosto de ver a minha pequena. Amor
Roberta: Fala lindo
Diego: Eu amei a surpresa, achei tudo lindo, muito obrigada tá ?! Eu não precisava disso, mas eu amei
Roberta: De nada amor, eu fiz isso porque eu te amo, e olha, agradece a Marcinha também porque ela que me ajudou
Diego: Depois eu agradeço ela, agora eu quero um beijo - ele beija Roberta com carinho, eles ficam um tempo se beijando, depois param o beijo com selinhos.
Roberta: Vem, eu preciso te mostrar uma coisa - ela se levanta e puxa ele
Diego: Que coisa ?
Roberta: Vem que você vai ver - os dois vão até a pista de dança Fica aqui tá ?!
Diego: Pra que ?
Roberta: Você vai ver, fica aí. - ela vai até o palco que estava com uma cortina verde o tampando, lá já estava tudo preparado, Roberta subiu no palco, e pediu pra subirem as cortinas, e as cortinas subiram.
Roberta: Pessoal, eu quero 5 minutos da atenção de vocês, parem de fazer o que estiverem fazendo e preste atenção em mim. O que eu vou fazer aqui, é uma homenagem pro meu amor,Diego.
(Ps: Leia ouvindo a música Halo)
Enquanto ela falava, passava um slide de fotos dela e de Diego.
Roberta: Pensar em você é algo que preenche um grande e preciso espaço do meu tempo. Recordando os momentos que passamos todos os instantes de convivência, todo afeto, todas as carências e carinho repartido. Lembrar de você é fácil, pois só tenho lembranças da felicidade que partilhamos e do quanto você significa para mim. Lembro-me de cada palavra, de cada gesto, das pequenas brigas, de todos os carinhos que sempre vêem depois. Essas recordações são mais especiais, pois ao recordá-las eu lembro tudo que você é. Seu olhar, seu sorriso, de como você fala com o coração e de tudo que é importante para nós.
O amor é como a luz, quanto mais forte mais clareia. Iluminando vidas, descortinando sonhos, desvairando o irreal. O amor quer sempre ver feliz, querendo adivinha o momento seguinte, 
a cada instante apenas num repente. Esse amor que nasceu em meu coração inspirado num ser maravilhoso que é você e está sempre em festa, festa dos sonhos realizados, das esperanças concretizadas. Festa de cores, luzes e som, festa que traduz a felicidade. Felicidade que dividimos e partilhamos felicidade por ver-te feliz. Feliz no amadurecer de tudo em você, em nós refletidos no que somos. Dou-te minha vida para que sua vida seja em vida a mais feliz de todas, em todos os momentos e instantes de nossa constante existência. 
A nossa relação, não foi uma daquelas de contos de fadas, foi tudo muito complicado, a primeira vez que eu te vi, meu coração bateu mais forte e eu sabia que aquilo era amor, porém não me entregava, e você, não se entregava também, quando conseguimos ficar juntos e felizes, veio algo pra alegrar ainda mais a nossa vida. Quando eu descobri que estava grávida, você estava lá comigo, quando nossos pais e nossos amigos não aceitaram a minha gravidez você estava lá comigo, quando eu perdi o nosso filho e precisei do seu apoio, lá estava você me dando o maior apoio, e agora, mais uma vez eu estou grávida, e sempre você está comigo, você está sempre me ajudando e me apoiando em tudo, está sempre me amando, me fazendo carinho, me mimando, enfim, está sempre, sempre, comigo, independente do que estiver acontecendo, você sempre está comigo, nós agora estamos noivos, iremos nos casar e teremos um bebê, quem diria que nós iriamos chegar a esse ponto ?! Tudo que vem de você é surpreendedor, o seu pedido de namoro foi o mais lindo que eu já vi, você me avisou que era pra eu me encontrar com você no jardim da escola, e eu fui, no caminho, tinham pétalas de rosas e quando eu cheguei, todos do colégio estavam lá, você me deu um buquê de rosas vermelhas, se ajoelhou, tirou do bolço uma caixinha vermelha com um anel de prata escrito Diego Maldonado, me fez o pedido, eu aceitei, nos beijamos, começou a chover balões de coração e todos nos aplaudiram, o seu pedido de casamento foi mais que perfeito, você me levou em uma loja de roupas para bebês, pediu pra vendedora me mostrar os sapatinhos de crochê amarelos, enquanto chamava a imprensa e os fotógrafos, quando eu peguei o sapatinho, lá estavam duas alianças, eu não estava entendendo e a moça apenas pediu pra eu  olhar pra você, então você se ajoelhou, me pediu em casamento, e eu aceitei. Eu estou aqui, pra te agradecer por tudo que você fez por mim, e está mais do que comprovado que você me ama, agora eu estou aqui pra te dizer novamente...
Diego, eu te amo, ontem, hoje, amanhã e sempre!!! Parabéns Papai !!!
Ela terminou de falar já chorando, pois no meio da homenagem ela já tinha começado a chorar e todos aplaudiram, Diego, que estava na pista de dança assistindo tudo e chorando, emocionado, subiu no palco, deu um abraço bem forte na noiva e a beijou, apaixonadamente, todos que estavam na festa aplaudiram novamente os dois, depois do beijo, que durou alguns bons minutos, Diego secou as lágrimas da noiva e ela secou as dele e ela falou no microfone.
Roberta: Dih, agora o resto da banda querem cantar uma música pra você e assim, depois você dá o seu discurso. - ela dá um selinho nele, os dois se sentam em uma cadeira que foi colocada no palco e Alice, Pedro, Carla e Tomás sobem no palco pra cantar.
Carla: Tem coisas na vida, que nunca vão mudar, um momento bom, só é bom se tiver alguém pra dividir
Tomás: E todo mundo tem segredos pra contar, todo mundo tem que ter alguém pra confiar, alguém que você possa desabafar, alguém que o destino pôs pra te ajudar
Carla e Alice: Quando o dia vira noite, você está só, quando se perder, eu vou te achar
Alice, Carla, Pedro e Tomás: Pra te guiar, pra te salvar, quando pensar em desistir, minha voz você vai ouvir, olhe pro lado eu vou estar, podemos ir até o fim, sei que você faria o mesmo por mim
Tomás: O mesmo por mim, o mesmo por miiiiim, eu seeeei
Carla: Ás vezes esqueço, como o tempo passa, dar valor pro que importa, é cuidar de quem você gosta
Tomás: E todo mundo tem segredos pra contar, todo mundo tem que ter alguém pra confiar, alguém que você possa desabafar, alguém que o destino pôs pra te ajudar 
Carla e Alice: Quando o dia vira noite, você está só, quando se perder, eu vou te achar
Alice, Carla, Pedro e Tomás: Pra te guiar, pra te salvar, quando pensar em desistir, minha voz você vai ouvir, olhe pro lado eu vou estar, podemos ir até o fim, sei que você faria o mesmo por mim
Pedro e Alice: E mesmo se o mundo te der as costas, se suas perguntas não tiverem respostas, se você cair saiba que sempre vou estar aqui, saiba que sempre vou estar aqui
Pedro: Pra te guiar, pra te salvar, quando pensar em desistir, minha voz você vai ouvir
Alice, Carla, Pedro e Tomás: Olhe pro lado eu vou estar, podemos ir até o fim, sei que você faria o mesmo por mim 
Alice, Carla, Pedro e Tomás: Pra te guiar, pra te salvar, quando pensar em desistir, minha voz você vai ouvir, olhe pro lado eu vou estar, podemos ir até o fim, sei que você faria o mesmo por mim - eles terminam e todos aplaudem, Diego e Roberta se levantam e vão até eles, todos se abraçam emocionados.
Pedro: Diego, seu discurso vai demorar um pouquinho ainda, tem mais gente querendo fazer homenagem pra você - nesse instante Márcia sobe no palco e pega o microfone, todos descem, menos Roberta e Diego que ficam sentados na cadeira.
Márcia: Bom maninho, eu nem tenho muito o que dizer sobre você, não somos filhos da mesma mãe porém fomos criados juntos, eu me lembro como se fosse hoje das nossas brincadeiras, da nossa infância, das nossas brigas, enfim, de tudo que a gente viveu, na época da escola, você me defendia de tudo, não deixava eu chegar perto de nenhum garoto, era tão engraçado quando você ficava bravo com os meninos, maninho, apesar de tudo, você sabe que eu te amo muito né ?! E eu tô aqui pra te agradecer por tudo que você fez por mim, e quero te dar os parabéns pelo seu aniversário, eu te desejo tudo de melhor dessa vida, porque você merece e eu desejo muito que você seja feliz com a Roberta, porque eu sei o quanto você ama ela e sei que é muito, quero que você seja feliz com seu filho, ou filha, e quero que você cuide muito bem da Roberta, porque sei que ela cuida e vai cuidar muito bem de você, agora você só terá que ser grato com ela, porque ela te ama muito também, era só isso que eu tinha pra te dizer.. MANINHO EU TE AMO MUUITO!!! - ele e ela se emocionam e ela vai dar um abraço nele e em Roberta que também estava chorando, depois dessas homenagens, chegou a hora de Diego tomar posse do microfone.
Diego: É pessoal, acho que depois dessas homenagens lindas, eu nem tenho o que dizer, mas primeiramente, eu tenho que agradecer a Deus por me dar mais um ano de vida, e agradecer pela minha vida, agradeço o meu pai que cuidou de mim desde que minha mãe morreu, eu tenho que agradecer muito ele, porque nem todo homem consegue cuidar de um filho sozinho, ainda mais tendo trabalho e muito mais coisas pra fazer, e não era só um filho, eram dois né, pois tinha a Marcinha que também perdeu a mãe, também agradeço a Sílvia, porque ela também ajudou meu pai a cuidar de mim e da Márcia durante uns bons anos, agora, eu agradeço a minha noiva Roberta e a minha irmã Márcia pela festa linda que elas organizaram, agradeço novamente a minha noiva, pela homenagem e quero te dizer Roberta, que eu também te amo ontem, hoje, amanhã e sempre, você e o nosso bebê são as coisas mais importantes da minha vida, eu amo muito vocês dois, também agradeço aos meus amigos e companheiros de banda, Alice, Carla, Pedro e Tomás vocês são muito importantes pra mim e eu também amo vocês muito, agradeço novamente minha irmã Márcia pela homenagem linda que ela fez pra mim e por fim, agradeço todos vocês que vieram na minha festa. Muito Obrigado!!! - ele termina o agradecimento já emocionado, e é abraçado por Roberta, Alice, Pedro, Tomás, Carla, Márcia, Leonardo e Sílvia que estavam no palco também emocionados, depois dessas homenagens e desse agradecimento, todos descem do palco e a cortina se fecha novamente. A festa continua, tinham pessoas dançando de um lado, bebendo, enfim.. se divertindo, depois que a festa acabou e todos foram pra casa, na casa de Eva e Franco...
Todos os casais foram dormir, menos Roberta e Diego.
No quarto de Roberta...
Eles entram no quarto dela.
Diego: E os meus últimos presentes ? - ele diz malicioso
Roberta: Seu safado, eu vou pegar - ela pega duas caixas e entrega pra ele Aqui amor, um você veste, o outro deixa na cama ou em qualquer lugar.
Diego: Ok e o terceiro ?
Roberta: Calma, daqui a pouco eu chego com ele - ela ri maliciosa, dá um selinho nele e vai pro closet.
Ela coloca sua lingerie e Diego no quarto, coloca o presente de Roberta e se deita na cama esperando ela.
PRESENTE
Roberta vai pro quarto, e quando Diego vê ela fica boquiaberto.
LINGERIE
Diego: Amor! Você tá..tá.. linda! 
Roberta: Obrigada, você também tá lindo com essa cueca
Diego: É, eu amei todos os presentes amor, só que falta eu ver direito como o último é
Roberta: Ah é ?
Diego: É - ele se levanta, vai até ela e a beija rapidamente, ele vai caminhando com ela até a cama, até que ela para.
Roberta: Calma, calma - ela joga ele na cama e começa a fazer um Strip-tease pra ele.
Ela desabotoa sensualmente a blusinha e a tira junto com a meia  e joga nele ficando com os seios de fora e de calcinha, ela tira a coleira e joga nele, e começa a rebolar e se mexer sensualmente apenas de calcinha, ela havia colocado uma bolinha excitante vermelha dentro do canal vaginal antes de fazer o Strip, depois ela pega um óleo de menta e começa a passar nos seios dela, depois ela tira sua calcinha e joga em cima dele, logo após, ela sobe em cima dele e se senta no peitoral dele e fica esfregando seus seios nele, até que ele a puxa e começa a chupar os seios dela, ele pega o óleo de menta, que era gelado e começa a passar no corpo dela a deixando arrepiada, ela ficava se esfregando nele e ele ainda estava de cueca, porém o volume dela já estava bem elevado, ela tira a cueca dele, ambos já estavam bem excitados, e então ele penetrou nela, fazendo a bolinha excitante vermelha estourar e liberar um óleo que lubrifica o canal e ainda solta um aroma do perfume Dolce&Gabanna, Diego adora aquilo e continua fazendo o vai e vem, ele estocava bem rápido e depois devagar, depois de muito tempo, eles gozam, caem na cama suados e Roberta se deita no peitoral de Diego e os dois felizes, caem em um sono profundo.

CONTINUA...
Capítulo dedicado à Rebeca, à Natália, à Babi, à Carioca, à Gih, à Luiza, à Laura, à Iamara, à Mamara 22, à Paloma e à Carol *--*

Nenhum comentário: