domingo, 25 de março de 2012

Web Novela - ''Medo De Amar'' 134º CAPÍTULO


134º Capítulo - Roberta e Diego voltam
AMANHECE. O despertador de Roberta toca, ela desliga ele, se levanta e vai tomar banho, enquanto isso, Alice acordou e ficou esperando ela tomar banho, Roberta terminou o banho, colocou seu uniforme e Alice foi pro banho. Roberta foi pra cantina tomar café, e quando ela está no meio do caminho, encontra com Diego.
Diego: Bom Dia Roberta!
Roberta: Bom Dia! 
Diego: Você e a Lua estão bem ?
Roberta: A Lua sim, eu não, você tá bem ?
Diego: Não
Roberta: Eu vou tomar café - ela diz se virando e entrando na cantina, Diego não entra na cantina, ele vai pro corredor, pega seus materiais e vai direto pra sala de aula.
Na cantina...
Roberta estava comendo, sentada na mesa, Alice, Carla, Pedro e Tomás chegam pegam suas bandejas e se sentam com ela, todos estavam tomando café menos Diego.
Tomás: Cadê o Diego ?
Roberta: Eu encontrei com ele no corredor, mas ele não veio tomar café da manhã.
Carla: Vocês terminaram ?
Roberta: Não exatamente
Alice: Mas, por que amiga ?
Roberta: Perguntem pra ele - ela se levanta da mesa, vai pro corredor, pega seus materiais, e vai direto pra sala, quando ela entra, vê que Diego estava lá, chorando, ela fica com o coração apertado, chega perto dele, e puxa a cabeça dele com a mão devagar.
Roberta: Ei, tá tudo bem ?
Diego: Você ainda pergunta ? É obvio que não.
Roberta: Você não vai tomar café não ?
Diego: Tô sem fome
Roberta: Mas você pode passar mal
Diego: Não tem problema, eu quero é passar mal, quero morrer - ele diz chorando ainda mais
Roberta: Não! Você quer morrer e vai deixar a sua filha sem pai ? Ela precisa de você
Diego: E eu preciso de você - Roberta fica sem jeito.
Roberta: Vai lá comer, ainda dá tempo, antes da aula começar
Diego: Eu não quero 
Roberta: Ok - ela sai de perto dele e se senta em uma das cadeiras da última fila e ele estava em uma do meio, os alunos começam a chegar, Diego enxuga suas lágrimas, e antes que Alice, Carla, Pedro e Tomás enchessem Diego de perguntas, a professora de Espanhol, chegou e mandou todos sentarem, porque ela entregaria as provas para eles resolverem. A professora entregou as provas, todos começaram a resolver, menos Diego, que estava pensando em Roberta, ela que tinha terminado de fazer a prova, ficou só observando ele, que estava quieto e nem havia tocado na prova, nem o nome ele havia colocado, ela manda uma mensagem pra ele.
MENSAGEM DE ROBERTA
*Faz a sua prova vai, você vai tirar 0*
MENSAGEM DE DIEGO
*Eu não consigo, só penso em você*
MENSAGEM DE ROBERTA
*Para vai, faz essa prova aí, depois a gente conversa*
MENSAGEM DE DIEGO
*Se eu fizer você me perdoa ?*
MENSAGEM DE ROBERTA
*Se você fizer, a gente vai conversar*
MENSAGEM DE DIEGO
*Quando ?*
MENSAGEM DE ROBERTA
*Quando as aulas terminarem*
MENSAGEM DE DIEGO
*Onde ?*
MENSAGEM DE ROBERTA
*No porão*
MENSAGEM DE DIEGO
*Ok, te amo!*
Roberta lê mais não responde, a professora percebe que os dois estavam trocando mensagens.
Professora: O celular Diego, me entrega - Diego entrega.
Professora: O celular Roberta, me entrega - Roberta entrega e a professora volta pra sua mesa, Diego faz a prova, e todos saem da sala, depois voltam e assistem mais 5 aulas, e depois das aulas...
Alice: Ai, eu tô com fome, vamos almoçar amor 
Pedro: Bora 
Carla: A gente vai com vocês, vocês vem ? - ela disse falando pra Roberta&Diego
Roberta: Depois eu vou
Diego: Tô sem fome - os 4 saem, e logo Roberta&Diego vão pro porão, eles chegam e se sentam no sofá.
Roberta: Diego! 
Diego: Roberta! - ele pega na mão dela Me perdoa por favor ? Eu já te falei toda a verdade e quero que confie em mim, eu quero ficar com você, ficar perto de você e da nossa filha, eu quero morar com você, eu quero estar junto com você, segurando a sua mão no dia do parto da nossa filha, e quero me casar com você, eu quero ter mais filhos com você, eu quero envelhecer e morrer ao seu lado, por favor, não faça com que os meus sonhos sejam desperdiçados, porque eu tenho certeza que se eles forem concretizados, nós seremos muito felizes, imagina, daqui a 30 anos, eu e você juntos, com os nossos filhos perto da gente e com os nossos netinhos correndo pela nossa casa. - ele começa a chorar Eu sei que pode parecer loucura uma pessoa imaginar a vida assim, mas pra mim não é, eu vejo nós dois no futuro, felizes e juntos, e espero que isso seja verdade, se não quiser voltar pra mim, eu te respeito, será uma escolha sua, eu prometo que estarei sempre presente na vida da nossa filha, porque se estivermos separados,  eu quero que a minha filha tenha um pai presente, um pai que vai estar do lado dela sempre, e que sempre vai amá-la independente de tudo, e sempre vou dar pra ela tudo o que ela quiser, pode passar 1 ano, 10 anos, 100 anos e pode ter certeza Roberta, eu te amo e sempre irei te amar! - quando ele termina, já estava chorando muito e ela também.
Roberta: Diego, ontem, quando eu vi aquela cena, eu fiquei chocada e acabei desmaiando, depois que a gente conversou e você saiu, eu comecei a chorar e quando fui liberada, fui pensar, no jardim, eu estava chorando muito até que a Vitória apareceu, me deu uma força e me explicou tudo, eu te perdoo, mas quem tinha que pedir perdão sou eu, porque eu não confiei em você, e eu devia ter feito isso, eu quero ficar junto com você também, pra vida toda, eu também imagino nós dois juntos no futuro, e ás vezes, penso que isso é bobeira, mas você está me provando, que nunca será bobeira viver eternamente com você. Você é um homem de ouro, um homem bonito, inteligente, gentil, amigo, carinhoso, gostoso, e principalmente, muito amoroso, um homem pelo qual eu me apaixonei perdidamente, um homem que me fez mulher, um homem que me deu o maior presente que uma mulher pode ganhar, um bebê, um homem que me ama assim como eu o amo! Você é o homem da minha vida, eu te amo muito Diego! - ela termina de dizer, chorando, ele apenas puxa ela pra mais perto e a beija com carinho e saudade ao mesmo tempo.

CONTINUA... 
Capítulo dedicado à Francielly, à Paloma, à Malu e à Carol *--*

Nenhum comentário: