segunda-feira, 26 de março de 2012

Web Novela - ''Medo De Amar'' 136º CAPÍTULO


136º Capítulo - Roberta tem um pesadelo
Roberta: Dih! 
Diego: Fala linda..
Roberta: Vamo tomar banho ?
Diego: Só se for agora - ele dá um selinho em Roberta, os dois vão pro banheiro, colocam a banheira pra encher enquanto eles tiram a roupa e depois eles entram nela, Diego se senta, e Roberta senta no meio das pernas dele.
Diego: Amor
Roberta: Hum..
Diego: Você quer ir comprar as coisinhas da Lua amanhã ou outro dia ?
Roberta: Ah, eu queria que fosse outro dia amor, amanhã eu quero você só pra mim o dia inteiro
Diego: Gosteeei, a gente vai inaugura a casa ? - ele diz sorrindo malicioso
Roberta: Se você quiser.. 
Diego: É claro que eu quero - Roberta se vira ficando de frente pra Diego e o beija, quando já estavam sem ar, eles param o beijo com selinhos.
Diego: Eu te amo muito minha princesa!
Roberta: Eu também te amo muito meu príncipe! - eles se beijam, depois de uns minutos param o beijo, continuam conversando na banheira, passam se 30 minutos, eles saem na banheira, se secam e se vestem.
Eles saem do closet, vão pro quarto e se deitam na cama.
Roberta: Amor
Diego: Fala linda
Roberta: Você promete que nunca vai me abandonar ?
Diego: Claro que eu prometo linda, mas, por que a pergunta ?
Roberta: Ah, sei lá 
Diego: Olha, não pensa nessas besteiras, eu te amo viu ?!
Roberta: Eu também te amo! - eles começam a se beijar, o clima começa a esquentar, as mãos de Diego passeavam pelo corpo de Roberta como as mãos de um cego tentando descobrir o que tinha nas mãos dele, Diego, desceu seus beijos para o pescoço de Roberta, ali lhe dando um chupão e arrancando um gemido baixo dela, depois ele foi descendo os beijos para o colo dela, logo depois, foi subindo a camisola dela, e a tirou, deixando-a apenas de calcinha, ele sugava o seio direito dela, e carinhosamente, com uma mão, massageava o esquerdo, a fazendo dar leves gemidos, depois ele trocou, sugava o seio esquerdo dela, e carinhosamente com a mão, massageava o direito, depois de um tempinho, ele desceu os beijos para a barriga dela.
Diego: Te amo filha! - ele deu mais um beijinho na barriga de Roberta, a fazendo se emocionar, logo depois, ele com facilidade, tirou a calcinha de Roberta a deixando completamente nua, ele deu um beijo estalado na intimidade dela, e abriu as pernas dela, ele enfiou um dedo nela, percebendo que já estava molhada, e logo depois tirou o dedo e ficou apenas passando a língua em seu clítoris, a deixando mais excitada e gemendo baixinho, ele continuou o ''trabalho'' com a língua, e logo ela gozou na boca dele, fazendo ele beber tudo, depois ele subiu até a boca dela, e lhe deu um beijo carinhoso, ela, por sua vez, se virou, ficando por cima dele e foi distribuindo beijos no abdômen bem definido dele, ela ficou se esfregando nele, e quando suas intimidades se tocaram, ela viu que ele já estava duro, porém ele ainda estava de cueca, ela desceu mais um pouco, e com dificuldade tirou a cueca de Diego, revelando ali o membro dele duro, grosso e grande, como sempre, ela continuou esfregando sua intimidade na dele, e ele gemia baixinho, depois de um tempo, ela desceu até o membro dele, pegou ele na mão e começou a bater uma pra ele, ele gemia baixinho, e quando ela colocou o membro dele todo na boca e lhe deu uma sugada bem forte, Diego gemeu bem alto, foi quase um grito, Roberta continuou fazendo o vai e vem, colocando e tirando o membro dele na boca e com as mãos ela massageava as bolas dele, o deixando delirando, depois de um tempinho, ele gozou na boca dela, que bebeu tudo e logo subiu e lhe deu um beijo calmo, ele se virou, colocando ela por baixo novamente, abriu as pernas dela, se encaixou nela, e a penetrou, colocando tudo de uma vez e arrancando um gemido alto dela, ele começou a fazer um vai e vem devagar, e cada vez mais foi aumentando o ritmo, quando ele estava indo bem forte, o corpo dela se mexia todo, os seios dela balançavam, e Diego estava adorando aquela visão, ele começou a sugar um dos seios dela enquanto estocava forte, depois de um bom tempo fazendo esses movimentos, ele gozou e ela gozou logo em seguida, ele saiu de dentro dela, foi até a boca dela e lhe deu um beijo feroz, as suas línguas pareciam brigar uma com a outra, ele se sentou e a colocou no colo dele, a fazendo sentar em seu membro e a penetrando, ela começou a cavalgar nele rapidamente, enquanto ele massageava um seio dela e mordia, sugava e lambia o outro, depois de um tempinho, os dois gozaram juntos, ele a tirou de seu colo, se deitou e deitou ela em seu braço e os cobriu com um lençol.
Diego: Boa Noite Princesa! 
Roberta: Boa Noite Amor! - ele lhe deu um selinho e depois um beijo na cabeça, logo ela dormiu, e um pouquinho depois, ele também acabou adormecendo.
ALGUMAS HORAS DEPOIS...
Roberta chega em casa, vai pro seu quarto e de Diego, e quando abre a porta, se depara com uma cena horrível:
DIEGO ESTAVA DORMINDO ABRAÇADO COM UMA MULHER, DESCONHECIDA POR ELA, PORÉM, PELO JEITO QUE ESTAVA COM DIEGO, MUITO BEM CONHECIDA POR ELE.
Roberta: NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! - ela acorda desesperada e suando frio, e acaba acordando Diego.
Diego: Que foi amor ? - ele diz assustado
Roberta: Ain Dih, me abraça! - ela disse chorando e ele abraça ela
Diego: O que foi meu amor ?
Roberta: Eu tive um pesadelo, horrível, você tava deitado na nossa cama com uma mulher
Diego: Amor, esquece isso, não pensa nisso, eu nunca vou te trair, nem na nossa cama e nem em lugar nenhum, fica tranquila
Roberta: Tem certeza ? - ela disse soluçando
Diego: Claro né amor, você confia em mim ?
Roberta: Confio
Diego: Então não precisa ficar pensando nessas coisas, eu te amo, e nada e nem ninguém vai mudar isso, e eu nunca te trairia com mulher nenhuma, porque você é a melhor, a mais linda e  mais perfeita.
Roberta: Dih! Eu te amo!
Diego: Eu também te amo meu amor! Agora dorme vai, eu tô aqui do seu lado, com você e nunca vou te trocar por ninguém, e para de chorar - ele deu um beijo na cabeça dela, ela continuou chorando um pouquinho, mas logo depois dormiu, bem agarrada nele, e uns minutinhos depois, ele dormiu também.

CONTINUA...
Capítulo dedicado à Paloma, à Francielly, à Iamara, à Malu, à Carol, à Carioca e à Rebeca *--*

Nenhum comentário: