segunda-feira, 30 de abril de 2012

Web Novela - ''Amor Eterno'' 27º CAPÍTULO


Pov Lua On'
Lua: Thur
Arthur: Fala Linda
Lua: Tem certeza que você quer ficar aqui comigo?
Arthur: Tenho amor.
Lua: Olha, se você quiser ir, eu não importo não tá?! Eu chamo a Soph e a gente fica aqui assistindo filme, e no dia que eu puder ir, a gente vai.
Arthur: Eu vou ficar aqui com você amor, eu quero ficar.
Lua: Melhor ainda - eu abraço ele, forte.
Arthur: Eu adoro quando você me abraça assim, forte.
Lua: Sério?
Arthur: Muito sério.
Lua: Eu adoro abraçar as pessoas, em especial, abraçar você.
Arthur: Linda!
Lua: Lindo! - nos beijamos
Arthur: Já que a gente não vai, a gente podia assistir um filme né? Eu não sou a Sophia, mas eu também fico aqui assistindo filme com você.
Lua: Bobo
Arthur: E então, vamos ou não assistir filme?
Lua: Vamos, aqui no meu quarto, ou lá na sala de televisão?
Arthur: Você que sabe
Lua: Ok, vamos assistir aqui, é bem melhor, mas, antes, vamos descer comigo pra fazer a pipoca e pegar a coca-cola. - eu me levanto.
Arthur: Vamos - ele se levanta e descemos juntos pra cozinha, ele coloca a pipoca no micro-ondas, enquanto eu faço um brigadeiro, depois subimos, ele com a pipoca e a coca-cola, e eu com o brigadeiro, as colheres e os copos, chegamos no meu quarto, eu peguei um cobertor, e o Arthur escolheu o filme, deitamos na minha cama que era de casal, nos tampamos e o Arthur deu play no filme, era um de terror.
Lua: Ah Thur! Você sabe que eu não gosto de filme de terror
Arthur: Calma amor, é só um filme, fica coladinha comigo que você não vai ficar com medo.
Lua: Ah, espertinho você né? - ele ri
Arthur: Ok, eu tiro o filme, qual você quer que eu coloque? - ele dá pause no filme e se levanta
Lua: Pode deixar esse amor, nem começou e eu já estou falando, deita aqui e dá play
Arthur: Ok, depois não reclama em - ele se deitou novamente, se tampou e deu play, começamos a assistir o filme, o filme era muito, muito assustador, eu fui me aproximando cada vez mais perto do Arthur, estava morrendo de medo, ele percebeu isso, e riu.
Arthur: Vem cá amor, não fica com medo - ele me puxou e, eu o abracei bem forte, ele riu e continuou vendo o filme, eu continuei morrendo de medo, o filme tava ficando cada vez mais assustador, e depois de 1 hora, ele acabou.
Lua: Nossa! Achei que nunca mais ia acabar esse filme.
Arthur: Eu gostei do filme.
Lua: E eu odiei.
Arthur: Eu percebi - ele riu Você me apertou o tempo todo.
Lua: Da próxima vez eu escolho o filme.
Arthur: Ok.
Lua: Thur
Arthur: Fala linda!
Lua: Se um dia a gente terminar, você vai continuar sendo meu melhor amigo?
Arthur: Se o motivo de a gente terminar não for você ter me traído, sim, mas se depender de mim, a gente nunca vai terminar, eu nunca vou te trair
Lua: Nem eu, eu amo você!
Arthur: Eu também amo você! - nos beijamos
Lua: São quantas horas amor?
Arthur: 17:30(5:30). Por quê?
Lua: Por nada, tá tarde né?
Arthur: Ah, nem tá.
Lua: Ai amor, eu to com frio.
Arthur: Vem aqui que eu te esquento - ele me puxou e me abraçou forte
Arthur: Melhorou?
Lua: Muito - nós ficamos abraçados durante um bom tempo.
Arthur: Eu acho que vou embora amor
Lua: Aaah, por quê?
Arthur: Porque daqui a pouco a sua mãe e o seu pai chegam, e você tá morrendo de sono.
Lua: Ah, meus pais nem vão ligar de você estar aqui, e eu não to morrendo de sono.
Arthur: Tá sim, você tá quente e mole amor, isso é sono.
Lua: Não é nada.
Arthur: Então é febre.
Lua: Nem é amor.
Arthur: Nossa você é muito marrenta amor, se você não tá com sono, tá com febre, aonde tá o termômetro.
Lua: Eu não estou com febre, não precisa de termômetro.
Arthur: Eu vou embora se você não disser onde tá o termômetro.
Lua: Ai Thur, tá na gaveta da pia do banheiro.
Arthur: Eu vou lá pegar - ele me dá um selinho, se levanta, vai até o banheiro, pega o termômetro e se senta na cama.
Arthur: Coloca o termômetro amor - ele me entregou o termômetro, eu coloquei e depois de alguns minutos, o termômetro apitou, eu o tirei, e deu 39ºC.
Arthur: Lua, você tá muito quente, toma um banho morno, pra ver se essa febre abaixa.
Lua: Ah não Thur, eu to com frio.
Arthur: Se você não for tomar um banho, vai ter que ir ao médico.
Lua: Ah não, médico não.
Arthur: Então vai pro banho.
Lua: Você é um namorado chato sabia?
Arthur: Sabia, mas eu só quero o seu bem, agora vai pro banho e não veste roupa quente - ele me deu um selinho, eu me levantei, fui pro banheiro, tomei um banho, me vesti e voltei pro quarto, o Thur estava mexendo no celular quando eu me sentei ao lado dele.
Lua: Pronto
Arthur: Agora coloca o termômetro de novo - eu coloquei o termômetro, ele apitou e deu 37ºC.
CONTINUA...
Capítulo dedicado à Rebeca *--*

Nenhum comentário: