segunda-feira, 30 de abril de 2012

Web Novela - ''Medo De Amar'' 172º CAPÍTULO


172º Capítulo - Roberta e Diego almoçam
Depois do beijo...
Roberta: Amor, eu vou descer pra comer alguma coisa, você vem?
Diego: Aham, eu não almocei.
Roberta: Nem eu - Roberta se levantou
Roberta: Eu vou trocar de roupa
Diego: Vou te esperar aqui - Roberta foi trocar de roupa, depois de alguns minutos, ela aparece no quarto.
Roberta: Prontinho, vamos?
Diego: Vamos - os dois descem, almoçam, sobem pro quarto e se deitam na cama.
Diego: Amor
Roberta: Fala lindo
Diego: Você tá cansada?
Roberta: Não, por quê?
Diego: Porque eu queria uma coisa
Roberta: Pode falar amor, que coisa?
Diego: Você - Diego então começou a passar a mão por dentro do vestido de Roberta, subia pela barriga dela e apertava muito forte os seios dela, ele tirou o vestido dela, e ela tirou a blusa e a calça dele rapidamente, ela começou a rebolar em cima dele, ela ainda de calcinha, e ela ainda de cueca, ela sentia o membro dele duro encostando na intimidade dela e ele apertava cada vez mais forte os seios dela, mordia as costas dela. Após isso ela se levantou e sentou de frente pra ele, começou a passar sua língua na boca dele, ele então enfiou sua língua na boca dela e ela a chupava como se estivesse chupando o membro dele. Ao mesmo tempo ele apertava a bunda dela e ela remexia no colo dele. Ela colocou seus seios na boca dele e ele começou a lamber os mamilos, dava beijos, mordia e ela gemia de tesão e pedia pra ele não parar. Ela sentia o membro dele muito duro encostando na intimidade dela que já estava muito molhada, ela pegou o dedo médio dele e começou a chupar, enquanto ele mordia e mamava os seios dela. Diego estava adorando ver ela chupando seu dedo, já imaginava o que ela ia fazer com o membro dele. Ele tirou o dedo da boca dela e começou a passar na intimidade dela, afastando a calcinha e com o dedo todo molhado com o mel dela, ele voltou a enfiar na boca dela, depois fez a mesma coisa só que ele que sentiu o gosto da última vez, e disse que amava o gosto da intimidade dela, ela falou que tava louca de vontade de chupar o membro dele, que a boca dela tava cheia d’água. Nesse momento eles se levantaram e Diego sentou-se na cama e encostou suas costas na cabeceira. Ele olhava pra Roberta com uma cara safada, ela estava em pé na sua frente, ela tirou sua calcinha de costas pra ele, para que ele visse a intimidade dela enquanto ela se abaixava, levando a calcinha até os pés. Ela se virou e ficou olhando ele deitado na cama. Ele a chamava pra ir até ele, dizia que eu poderia aproveitar e fazer o que tivesse vontade. Ela foi engatinhando na cama, de quatro, até ficar em cima dele... Começou a beijá-lo, lambia o corpo dele e enquanto descia em direção ao seu membro, esfregava seus seios nele. Quando estava com o rosto na frente do seu membro, muito duro dentro daquela cueca branca, ela começou a passar seu rosto naquele volume, beijava e começou a abaixar a cueca aos poucos, ela tirou a cueca de Diego e olhando pra ele, com sua boca pertinho do seu membro, começou a lamber das suas bolas até a cabecinha, ela ia subindo sua língua bem devagar e olhando para Diego, que olhava pra ela e gemia, dizia a ela que ela era muito safada, aquilo pra ela era tudo de bom, e a deixava com mais tesão, ela segurou o membro de Diego e começou a passar a língua em volta da cabecinha do seu membro, lambia olhando pra ele bem safada, lambia e sentia aquela cabeça toda meladinha escorregando na língua dela. Depois disso ela começou a chupar o membro dele, colocando todo na sua boca, sentia aquele membro duro e grosso todo na boca dela, mamava muito o membro de Diego e ao o ouvir a mandando chupar seu pau, mamava com mais intensidade e mais rápido. Algumas vezes ele puxava o cabelo dela e tirava a boca dela do seu membro pra não gozar rápido. Diego estava muito excitado, ela ficou de quatro com a bunda bem empinada e ele começou a lamber a intimidade dela que escorria de tanto tesão, ela sentia a língua dele dentro da intimidade dela e ela gemia muito, como se não tivesse ninguém em casa, Diego então ficou em pé e ela estava de quatro na cama, ele colocou as mãos na bunda de Roberta e foi abrindo enquanto ela sentia a cabeça do membro dele entrando na sua intimidade, nessa hora ela começou a rebolar, não aguentava de tanto tesão, Diego enfiou seu membro de uma só vez na intimidade dela e começou a meter, fodia bem forte, puxava ela pela cintura e socava seu membro todo na intimidade dela, fazendo maior barulho, então ela mandou ele ir mais rápido que ela ia gozar no membro dele, então ele começou a meter muito forte e bem rápido e puxava ela mais forte pelo cabelo também, ela gozou muito, começou a tremer de tanto que foi gostoso, ela caiu de boca no membro de Diego e mamava muito, batia punheta pra ele e chupava a cabeça do membro dele, até que ele falou que ia gozar e ela chupava com mais vontade, ela abriu sua boca e sentiu o leitinho dele jorrando na boca dela e escorrendo no queixo dela, ela começou a limpar seu rosto com os dedos, depois disso, os dois acabaram adormecendo, abraçados.
CONTINUA...
Capítulo dedicado à Gih, à Rebeca e à Eduarda *--*

Nenhum comentário: