terça-feira, 19 de junho de 2012

Web Novela - ''Amor Eterno'' 50º CAPÍTULO



Pov Lua On'
A nossa respiração tava acelerada, dava pra sentir a dele, e com certeza, dava pra ele sentir a minha, afinal, a gente tava muuito próximo, mas, eu ainda não estava pronta pra isso, apenas me afastei dele, e corri pra dentro de casa, subi pro meu quarto e me tranquei lá, não queria ver mais ninguém.
Pov Lua Off'

Pov Sophia On'
A Lua saiu correndo e foi pro quarto, fiquei preocupada, sei que nessas horas ela não gosta de ficar perto de ninguém, mas eu sou amiga dela, e me preocupo.
Sophia: Gente, eu vou ver como ela tá, ela não quer ver ninguém, com certeza, mas eu preciso saber como ela tá, já volto. - eu saio da piscina
Pedro: É melhor eu ir embora, diz pra Lua que depois eu ligo pra ela, tchau lindas
Diego: E eu vou com você
Jhulie: Ah, agora ?
Diego: Depois eu te ligo gatinha, tchau meninas. - os meninos vão embora, e eu subo pro quarto da Lua.
Sophia: Luinha, abre a porta pra mim - eu bati na porta
Lua: NÃO SOPH, EU NÃO QUERO CONVERSAR E NEM VER NINGUÉM
Sophia: Eu sei disso amiga, mas, eu sou sua amiga, e quero saber se você tá bem, eu me preocupo com você Luinha.
Lua: Se sabe que eu não quero conversar e nem ver ninguém, porque não me respeita ?
Sophia: Porque eu sou sua amiga, e me preocupo com você ué, Luinha, abre, por favor
Lua: NÃO
Sophia: Luinha, por favor
Lua: Tá bom, eu abro - ela destrancou a porta, abriu ela, e eu abracei ela, que retribuiu o abraço, depois ela trancou a porta de novo.
Sophia: Você tá bem princesa ?
Lua: - nós sentamos na cama dela
Sophia: Tem certeza ?
Lua: Tenho
Sophia: LUA!
Lua: SOPHIA!
Sophia: Não mente pra mim, você tá bem mesmo ?
Lua: Um pouco
Sophia: Amiga, não fica assim. O que aconteceu com você ?
Lua: Nada, eu acho.
Pov Sophia Off'

Pov Arthur On'
Estava beijando a Ray, o beijo tava ótimo, porém, eu só pensava na Lua, aquela loirinha não saia da minha cabeça, mas, não ia desperdiçar uma morena gata daquele jeito, eu amava a Lua sim, mas não ia me prender por causa dela, afinal, vai saber o que ela tá fazendo lá sem mim.
Depois do beijo, eu e a Ray fomos pra um escurinho, e as irmãs dela ficaram morrendo de inveja dela, mas, além do mais, eu gostei mais dela do que das outras, voltaando.. Fomos pro escurinho, e continuamos nos beijando, ela arranhava minhas costas por debaixo da blusa, bem safadinha ela, e eu aproveitei, passei a mão nas pernas dela, e fui subindo pra coxa, até que ela me disse pra irmos pra um lugar reservado da boate e eu topei, claro, ela me levou pro andar de cima, e lá tinha uns ''quartinhos'', entramos em um, e eu encostei ela na porta com força, e tranquei a porta.
Rayana: Ui, selvagem - ela sorriu safada e eu a beijei, durante o beijo, passei a mão na parte interior da coxa dela, subindo pra intimidade dela, ela, por sua vez, tira minha camisa, e me beija novamente, ela arranhava minhas costas, e eu fui subindo o vestido dela devagar, até que eu tirei o vestido dela completamente e a joguei na cama, ficando por cima dela, ela estava com uma lingerie xadrez, linda. Desci os beijos para o pescoço, o colo e finalmente cheguei ao seios dela, e que seios em !? 
Tirei o sutiã dela rapidamente, revelando aqueles belos seios, cai de boca, e ela gemia meu nome baixinho, depois desci, e beijei a barriga dela, e cheguei ao melhor, tirei a calcinha dela como um leão feroz e dei um beijo estalado na intimidade branquinha e depilada dela.
Logo abri as pernas dela, enfiei um dedo na intimidade dela, que estava até pingando de tão molhada, então cai de boca também, chupei ela bem, e depois a beijei, deixando ela provar seu próprio gosto, depois.
Rayana: Minha vez, delícia - ela se virou, ficando em cima de mim, tirou minha calça e ficou esfregando sua intimidade em cima do meu membro, que estava bem ereto, me deixando louco, depois, com facilidade e rapidez, ela tirou minha cueca, pegou meu membro e enfiou tudo na boca, não sei como ela conseguiu, modéstia a parte, ele é bem grande e grosso, ela chupava e eu puxava o cabelo dela, fazendo ela chupar cada vez mais, depois, eu acabei gozando e ela engoliu tudo, me beijando em seguida e me fazendo sentir meu próprio gosto, depois, virei, ficando em cima dela novamente, e abri as pernas dela e enfiei de uma vez só, arrancando um gemido alto dela, fiquei metendo até gozarmos, depois ela se virou, ficando de quatro.
Rayana: Enfia esse pauzão em mim sem dó vai delícia - eu, animado e admirado pela fogosidade dela, passei o dedo na intimidade dela, e depois no ânus dela, pra lubrificar, depois, enfiei sem dó atrás, eu batia na bunda dela, e ela gemia alto meu nome, pedindo por mais, eu enfiei 3 dedos na intimidade dela, enquanto socava atrás, logo chegamos ao ápice, ela se virou e eu gozei nos seios dela, depois, tomamos um banho, e voltamos pra cama, nos beijamos e dormimos.
Pov Arthur Off'

CONTINUA...
Capítulo dedicado à Carioca *-* Não é de Medo de Amar, mas é hot !

3 comentários:

moonlight disse...

queria a lua e o arthur juntos de novo

Anna Beattriz Santos disse...

Eu prefiria á lua e o arthur juntos...ate ela ta sofrendo e parece que ele nao ta nem ai


+++++++ ppfpfpfppf

mas parabens pela web eu ao sua web medo de amar sou sua fã numero 1...beijos anna

Rebelde Para Sempre disse...

Calma gente.. Logo vocês verão o que vai acontecer...
E obrigada Anna Beatriz *--* Fico muito feliz em saber isso.. Beeijo :*