quarta-feira, 13 de junho de 2012

Web Novela - ''Medo de Amar'' 205º CAPÍTULO



205º Capítulo - Roberta e Diego se beijam
Diego: Roberta ? Tudo bem ? Você tá fazendo o que aqui ?
Roberta: Oi Diego, é, eu tô bem - ela limpa suas lágrimas
Diego: Por que você tá chorando ? - ele se levanta da cama
Roberta: Nada, deixa pra lá
Diego: Tem certeza que não é nada ? - ele se aproxima dela
Roberta: Tenho
Diego: E então, o que você veio fazer aqui ?
Roberta: Nossa! Que educação em ?!
Diego: Me desculpa, a casa é sua também, ou melhor, toda sua
Roberta: Eu já disse pra você tirar ela do meu nome
Diego: Mas eu não vou tirar
Roberta: Você que sabe
Diego: E então, você veio buscar a Lua né ?
Roberta: É
Diego: Me desculpa, eu não ia trazer ela, mas ela quis vir comigo
Roberta: Tudo bem, sem problemas, ela é sua filha também
Diego: Bom, acho que ela vai demorar acordar ou só acorda amanhã, quer descer e esperar um pouco ?
Roberta: Tudo bem, eu vou esperar um pouco
Diego: Enquanto isso a gente pode conversar ?
Roberta: Eu não sei Diego... - ele a interrompe
Diego: Por favor ?
Roberta: Tá bom, vamos descer pra não acordar a Lua.
Diego: Ok - os dois vão pra sala de televisão, e se sentam no sofá.
Diego: Fala
Roberta: Quem tem que falar aqui é você, não eu
Diego: É verdade, eu tinha esquecido. Bom, eu quero te dizer que eu não te traí e nunca teria coragem e nem vontade de te trair com ninguém, porque só você me completa, e eu queria que você acreditasse em mim, eu juro que eu vou te provar que não sou pai daquele bebê que a Karen tá esperando, se é que ela tá esperando um bebê, eu ainda nem sei se é verdade. Mas, pode ter certeza que se ela realmente está grávida, eu não sou o pai daquela criança, eu conheço a Karen desde pequeno, e namorei com ela quando eu tinha 15 anos, a gente namorou só 6 meses e eu nunca transei com ela, nunca, eu só acho que isso tudo é uma armação pra acabar com o nosso casamento, eu não faço a mínima ideia de quem possa estar por trás disso, com certeza não é o Binho e nem a Pilar até porque eles estão juntos e a Pilar tá grávida, eu só te peço pra acreditar e confiar em mim, eu vou te provar que isso é mentira, eu te amo muito Roberta, e eu não quero ficar longe de você nem um segundo, por favor, Roberta volta pra mim ?
Roberta: Diego, eu.... eu preciso pensar, eu te dou todo o tempo que precisar pra me provar, mas eu preciso de um tempo, eu sempre volto pra você rápido, mas, dessa vez eu preciso do meu tempo, preciso pensar, refletir, porque eu tô cansada já desse ''BRIGA, TERMINA E VOLTA'', eu não tô cansada de você, só tô cansada de ficar brigando e voltando tão rapidamente assim. Bem que você disse, essas brigas iam desgastar o nosso noivado, e foi a mais pura verdade, mas, calma Diego, eu terminei com você, mas isso não quer dizer que eu não te amo mais e nem que eu desisto de você, eu só preciso do meu tempo, pode ficar tranquilo, enquanto eu te amar, eu vou te esperar, vou esperar você me provar que é mentira, pode ser que eu volte pra você antes de você me provar a verdade, ou só volte depois, eu preciso pensar, eu só te peço isso.
Diego: Tudo bem, eu te intendo, mas só por isso você não vai voltar pra mim agora ?
Roberta: Só ? Você acha isso pouco ?
Diego: Não, não é isso, mas, acho que tem outro motivo por trás desse ''pensar'' seu.
Roberta: Tá bom, eu falo. Diego, apesar de eu ser uma mulher forte, isso, desde que você me conheceu, eu sou fraca por dentro, eu nunca disse isso pra ninguém, só tô falando agora pra você, porque é preciso, mas, eu nunca quis dizer isso pra ninguém, eu tenho o coração muito mole e apesar de ter sido ''bruta'', eu fiz isso só para os outros não me conhecerem e verem que eu sou fraca. Eu sempre sonhei em me casar, desde criança, mas nunca falava isso pra ninguém, quando eu te conheci, eu ficava imaginando nós dois juntos, no futuro, nos casando, tendo filhos e quando eu namorei com você, eu continuei imaginando, fiquei grávida e então comecei a imaginar ainda mais, quando eu perdi o bebê, fiquei deprimida e chata daquele jeito porque eu pensei que a culpa era minha e que nunca ia me casar com você, aí fiquei grávida de novo, a felicidade voltou, você me pediu em casamento e eu fiquei contando os dias pra gente se casar, aí chega o grande dia, e tudo termina desse jeito, eu tô sofrendo muito Diego, muito, hoje era pra ser o dia mais feliz da minha vida e tá sendo o pior, eu quero que chegue logo meia noite pra eu sair desse dia péssimo, e outra coisa, eu tô grávida pela 2ª vez e não me casei até hoje, eu sou forte por fora, mas por dentro sou completamente o contrário. Você acha que eu estou feliz por estar grávida ? Não, não estou, a Lua tá bem grandinha e um filho é melhor coisa da vida, mas eu não estou feliz por isso. Imagina se a gente se separa de vez Diego, além de eu sofrer, a Lua, apesar de pequena vai sofrer, o nosso filho ou nossa filha vai sofrer mesmo estando dentro da minha barriga, porque se eu sofrer ele ou ela também sofre e você vai sofrer, olha o estrago que essa sua ex pode fazer. Eu não sei se eu aguento, não sei se o bebê aguenta, não sei Diego, eu vou ficar cada vez mais fraca com o passar da gravidez, isto é, se o bebê sobreviver, porque eu posso perder ele, como eu já perdi um bebê. Isso não é drama Diego, é a mais pura verdade, e eu espero que você me compreenda e acredite em mim - ela começou a falar e já tava chorando, no final, tava chorando ainda mais.
Diego: Eu acredito em você, e eu quero te pedir desculpas por tudo
Roberta: Eu é que tenho que te pedir desculpas, por todas as brigas, ciúmes, por tudo.
Diego: Tudo bem, agora me dá um abraço - ele abraça ela forte
Diego: Eu nunca vou sair de perto de você, eu sempre vou estar do seu lado, nunca vou te abandonar, independentemente do que acontecer no futuro com a gente, eu sempre vou te apoiar, te ajudar, te compreender, te ouvir, e o mais importante, te amar.
Roberta: Obrigada Diego, eu nem sei como agradecer por tudo, tudo mesmo, e principalmente pelos nossos filhos, porque sem você, eles não iriam existir.
Diego: Mas eu sei como você pode me agradecer
Roberta: Eu já disse que preciso pensar Diego
Diego: Não é isso, e eu sei, eu vou te esperar 
Roberta: O que é então ?
Diego: Isso - Diego aproxima seus lábios dos lábios dela, e os sela, iniciando um beijo, que é correspondido por Roberta que dá passagem pra língua dele, com as mãos ela segura o pescoço dele, e mexe no cabelo dele, enquanto ele segura a cintura dela com uma mão, e segura o pescoço dela com a outra, a trazendo mais pra si.

CONTINUA...

3 comentários:

Ana Beatriz disse...

++++++ por favorrrrrrr

I love rebeldes disse...

mais!!

moonlight disse...

quero mais e mais... nao quero ver eles sofrendo