quarta-feira, 11 de julho de 2012

Web Novela - ''Medo de Amar'' 216º CAPÍTULO


216º Capítulo - Roberta e Diego discutem, mas depois tudo acaba bem
Roberta entrou no quarto, e Diego estava assistindo um filme, ela passou reto e foi pro banheiro, lavou o rosto e logo o secou com a toalha, depois foi pro closet, se trocou e quando abriu a porta do closet pra sair, deu de cara com Diego.
Ela apenas olhou pra ele e percebeu que ele a olhava, os olhares se cruzaram, e ela saiu do closet, já ele se trocou, e logo voltou pro quarto.
Ele chegou no quarto, e ela estava deitada na cama, ele se aproximou dela e desligou a televisão.
Diego: Roberta...
Roberta: Que foi ? - ela se virou pra ele
Diego: Agente pode conversar ?
Roberta: Poder até pode, mas não sei se eu quero
Diego: Roberta, por favor..
Roberta: Palavrinhas mágicas né ?!
Diego: Hã ?
Roberta: Por favor, me desculpa, me perdoa... Diego, isso cansa sabia
Diego: Eu não tô te entendendo Roberta
Roberta: Nem eu tava te entendendo quando você me tratou daquele jeito
Diego: Roberta, me desculpa
Roberta: Diego, troca o disco vai.. sempre assim, faz burrada e vem com um ''ROBERTA, ME DESCULPA'' depois - ela imitou ele
Diego: iii já vi que tá difícil conversar com você hoje em ?!
Roberta: Não tá difícil conversar comigo, tá difícil essa situação, difícil, cansativa, chata.
Diego: O que foi que eu fiz agora ?
Roberta: Diego, você lembra o que você disse pra mim na escada ?
Diego: Lembro
Roberta: Então, você acha pouco ?
Diego: Não, eu sei que eu errei, mas foi porque .. - ela o interrompeu
Roberta: Por causa da Lua, eu sei, eu não devia ter gritado com ela, mas é que eu não quero que a minha filha cresça pensando que manda nos pais, como eu achava, eu sei o que a minha mãe passou cuidando de mim, eu praticamente mandava nela, ela me criou como uma irmã mais nova e me deu tudo pra pagar o tempo que eu ficava longe dela, e eu não quero isso pra minha filha, não quero que ela mande em mim, se você quer que ela mande em você, ok, mas em mim ela não vai mandar.
Diego: Roberta, eu te entendo, mas.. - ela o interrompeu novamente
Roberta: Não Diego, você não me entende, se me entendesse, ia deixar eu cuidar da minha filha, da nossa filha, mas parece que você não entende isso, se a gente não ensinar a Lua agora, depois vai ser tarde demais pra ela aprender
Diego: Eu sei disso, eu acho certo você corrigir ela mais ela não falou nada demais
Roberta: Ah não ? Ok, então cuida dela você mesmo já que você achou ''nada demais'', Diego hoje ela chamou a gente de chatos e bobos, amanhã pode ser pior e mais tarde ela vai tratar a gente como se fossem dois velhos chatos. O mundo ensina as coisas ruins pros nossos filhos e a gente, os pais, tem o dever de ensinar o que é certo e o que é errado.
Diego: Roberta, você tá certa, agora me perdoa, eu prometo que nunca mais vou fazer isso
Roberta: Diego, eu te perdoo, mas não é porque você pediu perdão e sim porque eu te amo, porque eu não estou vendo nada de arrependimento vindo de você. Mas, que fique claro aqui e agora que na próxima briga que a gente tiver, eu vou embora, vou embora pra sempre você tá ouvindo ?
Diego: Tô, mas por que isso ?
Roberta: Porque eu estou cansada disso
Diego: Disso o que ? De mim ? Do nosso noivado ?
Roberta: Não, das nossas brigas, de todas as nossas brigas sejam elas por coisas bobas ou não, eu estou CANSADA. Eu espero que essa seja a última briga nossa, porque se tiver mais uma, eu não sei se eu vou aguentar, então que fique claro aqui e agora, na próxima briga nossa seja ela por coisas bobas ou não, eu vou embora dessa casa, e levo a Lua comigo, agora deixa eu dormir porque eu tô com sono. - ela se tampou com o edredom, e virou de costas pra Diego.
Diego: Roberta
Roberta: Que foi ?
Diego: Me dá um beijo ? - Roberta se vira, dá um selinho nele e vira de novo
Diego: Só isso ? Eu quero mais - Roberta se vira novamente, e o beija.
Roberta: Tá bom assim ?
Diego: Tá ótimo 
Roberta: Ok, então boa noite! - ela deu um selinho nele e se virou
Diego: Boa noite princesa! - ele se tampouco com o edredom, e abraçou Roberta por trás, ela fechou os olhos, sorriu e encostou sua mão na mão dele, e ele feliz, fechou os olhos também, então os dois acabaram dormindo como dois anjos.

CONTINUA...

4 comentários:

Amor LuAr disse...

Lindddoooooooooooo
posta ++++++++++++++++

Rebeldes Brasil disse...

+++++++

moonlight disse...

posta mais por favor

Anna Beattriz Santos disse...

]++++++++++++++++++++++++++++