terça-feira, 31 de julho de 2012

Web Novela - ''Medo de Amar'' 228º CAPÍTULO


228º Capítulo - A Surpresa de Roberta
Ela chega e vê todos que estudaram com ela e com Diego, além de Lua e Arthur, mas ela não vê Diego, pois ele estava escondido.Ele sai de trás da fonte, com um buquê de rosas vermelhas nas mãos.
Diego: Bom dia olhos lindos.
Roberta: Bom Dia! Que isso Diego ? - ela diz olhando pra todos que estavam ali.
Diego: Sabe que dia é hoje ?
Roberta: Sei, dia 18/05/12.
Diego: E hoje... 
Roberta: Faz 1 ano que a gente começou a namorar..
Diego: Isso aí, e sabe por que eu chamei todo mundo aqui ?
Roberta: Não, por que ?
Diego: Primeiro, pra te dar esse buquê de rosas vermelhas, como eu fiz ano passado e então todos que tinham estar aqui - ele entrega o buquê pra ela
Roberta: Obrigada amor! - ela deu um selinho nele
Diego: Espera aí, deixa eu terminar
Roberta: Ok
Diego: Segundo, pra te agradecer por ter me dado a filha mais linda do mundo! - nesse momento Lua vai até os pais com pink na mão.
Lua: Papa, a filha mais lida do mundo sou eu ? (Papai, a filha mais linda do mundo sou eu ?)
Diego: É claro minha princesinha!
Lua: Eba! Eu sou a filha mais linda do mundo - ela saiu saltitando e todos que estavam lá começavam a rir
Diego: E terceiro, eu chamei todos eles aqui pra ''refazer'' essa cena que mudou as nossas vidas completamente.
Roberta: Que lindo amor! Eu também te amo muito! 
Diego: Calma aí, que falta mais uma coisa
Roberta: Que coisa ?
Diego: Diz aí gente - ele olhou pra todos que estavam lá, e eles começaram a gritar em coro.
TODOS: BEIJA! BEIJA! BEIJA! BEIJA! BEIJA! - e então, Roberta&Diego se beijaram, e como no ano passado, começa a chover balões de coração e todos que estavam lá aplaudem.

Depois do beijo...
Diego: Muito obrigada todos vocês que vieram até aqui pra me ajudar na surpresa pra Roberta! E outra coisa, em breve, eu mando os convites pro nosso casamento, o casamento que vai abalar o Rio de Janeiro.
Maria: Outro casamento ?
Diego: É, mas esse vai dar tudo certo Maria! 
Juju: Eba! Diego, não esquece de chamar aqueles primos gatos seus que estavam no outro casamento não tá ? - todos riem.
Diego: Pode deixar Juju, eles vão vim. Agora, vocês podem ir, e muito obrigada de novo! 
Todos: De nada! - quase todos vão embora, menos Tomás, Carla, Alice, Pedro, Lua, Arthur, Roberta e Diego.
Roberta: Já tá chorando Alice ?
Alice: Ai mana, ficou muito lindo! Eu me emocionei e você também, tá com os olhos cheios de água.
Roberta: Tá bom, eu também me emocionei, ficou lindo amor! - ela deu um selinho em Diego
Carla: Ficou lindo mesmo! Mas agora eu acho melhor a gente ir embora Tomás, eu tô morrendo de fome.
Pedro: A gente vai também, e vamos levar a Lua com a gente, a Michelle não tá em casa mesmo, então a casa é toda de vocês. - ele disse e Roberta&Diego entenderam o recado.
Alice: Mas antes... Lua vem cá e mostra a sua mamãe sua nova cachorrinha - Lua e Arthur vieram correndo, eles estavam brincando com os balões de coração.
Lua: Mama, olha minha cacholinha, o papa que me deu (Mamãe, olha minha cachorrinha, o papai que me deu) - ela mostrou Pink pra Roberta
Roberta: Que linda filha! Qual o nome dela ?
Lua: É Pink, mama. (É Pink, mamãe.)
Roberta: ALICE! - ela gritou
Alice: Desculpa mana, ela não sabia que nome escolher, eu dei ideia e ela gostou ué - ela disse rindo
Roberta: Aham, sei.. 
Alice: Bom, agora a gente já vai, tchau pombinhos! Vem Pedro, vem Thuthu, vem Lulu! 
Pedro: Tchau gente! Bora linda, bora crianças! - Alice, Arthur, Lua e Pedro vão embora.
Tomás: A gente já vai também, tchau casal ternura.
Carla: Tchau casal, beijo. - eles também vão embora, e logo depois Roberta&Diego também vão, direto pra casa, porém em carros separados, pois eles vieram em carros separados.

Alguns minutos depois, eles chegam em casa, guardam os carros na garagem e entram em casa, eles sobem direto pro quarto, eles entram no quarto, Diego fecha a porta, e já começa a beijar Roberta, que para o beijo.
Roberta: Calma amor, vamos com calma, deita aí na cama, e me espera, eu também tenho uma surpresa pra você - ela dá um selinho nele e vai pro banheiro, Diego se deita na cama, e fica esperando ela.

Alguns minutos depois...
Roberta aparece fantasiada, e quase mata Diego do coração.
FANTASIA DE ROBERTA - POLICIAL

Roberta: Gostou amorzinho ? - ela dá uma voltinha
Diego: Você... tá.. gostosa demais amor - ele se levanta da cama e se aproxima dela
Roberta: Nada disso - ela o empurra na cama, e algema ele na cama.
Diego: Assim você me mata amor
Roberta: Você ainda não viu nada amor - ela fica por cima de Diego, tira o óculos dele, dá um beijo na testa dele, no nariz, nas bochechas, no queixo, no pescoço, dá uma mordida no pescoço dele e depois rasga a camisa de Diego.
Roberta: Depois eu te dou outra amor - ela ri, e começa a beijar o abdômen de Diego, dá uma lambida no abdômen dele, e faz ele arrepiar, depois ela fica brincando com a barra da calça dele, depois de um tempinho, abre o botão e o fecho da calça dele, e tira a calça e o tênis dele, ela sobe de volta até a cueca dele, e vê que ele já estava bem excitado, ela só pra provocar, senta em cima do membro dele, ainda dentro da cueca, ela fica se esfregando em cima dele.
Diego: Não me provoca amor 
Roberta: Ah, você vai fazer o que se eu te provocar ?
Diego: Vou te deixar sem andar de tanto que eu vou meter em você - ele sorri malicioso
Roberta: Ah, não vai nada, você tá muito bem preso - ela sorri maliciosa.
Roberta: Ah, você tá falando demais amor - ela se levanta, pega um lenço que fazia parte da fantasia e amordaça ele.
Roberta: Prontinho, caladinho. - ela ri e se senta no membro dele de novo, depois de um tempinho, ela enfia a mão dentro da cueca dele e Diego suspira, então ela tira a cueca dele, e pega o membro dele que não era pequeno e enfia todo na boca, arrancando um gemido de Diego, ela fica fazendo um vai e vem, e quando vê que ele está quase gozando, ela para e tira o membro dele da boca.
Diego: CARALHO! Roberta não faz isso comigo vai - ela começa a rir, fica em pé em cima da cama, tira o quepe, depois vai tirando devagar o corselet, e quando ela termina de tirar, Diego vê que ela estava completamente nua e começa a pirar, por não poder tocá-la.
Ela se senta, abre as pernas e começa a se masturbar na frente dele e ele fica cada vez mais louco, ela gemia o nome dele enquanto se masturbava e ele estava tentando tirar a algema, mas não conseguia tava muito apertada.
Roberta: Aii Dih! Isso... vai.. maiis.. rápiido.. - ela gemia fazendo uma cara sexy enquanto se masturbava, ela estava chegando ao ápice, e começou a se masturbar mais rápido e em menos de 1 minuto gozou.
Roberta: Eu não vou ser tão má assim com você amor - ela tirou a mordaça dele
Roberta: Agora lambe, chupa, faz o que você quiser - ela ficou ao contrário da posição dele, fazendo um 69, ele aproveitou, e chupou, lambeu, fez tudo que podia com a intimidade dela sem usar as mãos, claro, enquanto ela batia uma punheta pra ele, mas novamente, quando ele ia gozar, ela parou.
Diego: De novo Roberta ? Que droga! - ele dizia desesperado.
Roberta: Calma amor - ela riu, pegou as chaves das algemas e soltou as mãos dele.
Roberta: Pronto, pode fazer o que quiser comigo - ela mal terminou de falar, e ele já agarrou ela e trocou a posição, ficando por cima dela, ele abriu as pernas dela com força e enfiou de uma vez só seu membro na intimidade dela, que estava toda melada, ele metia cada vez mais rápido, e ela gemia alto o nome dele, ás vezes ele abafava o gemido dela com um beijo caloroso, e outras vezes, deixava ela gemer cada vez mais alto, dentro de uns 10 minutos, ela gozou e ele aumentou o ritmo, gozando logo em seguida.
Roberta: Diego, me bate - ela estava extasiada
Diego: Eu não vou fazer isso
Roberta: Vai sim, me bate, me machuca, agora é a sua vez de ser selvagem comigo, não tenha medo, vai logo antes que eu procure outro pra fazer isso por você - ao ouvir isso, Diego perdeu o controle, e começou a fazer tudo que Roberta pediu, ele deu um tapa no bumbum dela e foi metendo cada vez mais forte.
Roberta: Agora bate na minha cara - ele fez o que ela pediu, deu um tapa na cara dele, bem forte, deixando ficar vermelho, os dois estavam completamente extasiados.
Diego: Late vai, late que nem uma cachorrinha, late pro seu gostoso aqui - ela latia, gemia, gritava e pedia pra ele ir mais rápido.
Roberta: Vai mais rápido, é só isso que você consegue ? - ele foi mais e mais rápido, e logo os dois gozaram juntos
Diego: Agora fica de quatro cadela - ele deu um tapa no bumbum dela e ela ficou de quatro.
Diego: Agora toma essa gostosa - ele meteu no ânus dela de uma vez só, sem lubrificar nem nada, ela gritou de dor, mas logo essa dor foi virando prazer, e ele metia cada vez mais rápido e batia no bumbum dela, e dentro de alguns minutos, ele encheu o ânus dela de gozo, saiu de dentro do ânus dela, e os dois caíram na cama, exaustos e suando.


CONTINUA...
Capítulo dedicado à todas as minhas leitoras queridas *--*

6 comentários:

Ana Beatriz disse...

+++++++++++++++++

Rebelde Para Sempre disse...

Capítulo de ''Medo de Amar'' só amanhã agr Ana Beatriz ;/

moonlight disse...

posta mais

Julia Gomes disse...

Ameeeei
Posta +++++++++++++++++

Rebelde Para Sempre disse...

Vou postar hoje mais tarde :)

Korina Bianchi disse...

o meu aniversario e dia 18/05