terça-feira, 21 de agosto de 2012

Web Novela - ''Medo de Amar'' 237º CAPÍTULO


237º Capítulo - Roberta conta pra Diego sobre o pesadelo
Os dois se beijavam intensamente, mas não era um beijo quente e com más intenções, e sim um beijo doce e cheio de amor..
Os dois só pararam de se beijar porque precisavam respirar, se não eles ficariam ali o dia inteiro.
Roberta se levantou do colo de Diego, e ficou em pé, os dois ainda recuperavam a respiração.
Roberta: Eu te amo tanto - ela disse olhando pra ele com os olhos cheios de água.
Diego: Eu também te amo muito amor da minha vida - ele se levanta e pega as mãos dela dizendo isso.
Roberta: Lindo!
Diego: Linda! - ele dá um selinho nela
Roberta: Vamos subir ?
Diego: Vamos minha linda - ele abraça ela de lado, e os dois sobem pro quarto.
Roberta: Amor..
Diego: Fala linda
Roberta: Vamos assistir um filme ?
Diego: Vamos, que filme você quer assistir ? - eles chegam no quarto, Diego abre a porta e eles entram.
Roberta: Ah, eu não sei - ela se senta na cama
Diego: Enquanto você pensa, que tal a gente ficar aqui na cama abraçadinhos ? 
Roberta: É uma ótima ideia - eles riem, Diego se deita na cama
Diego: Então vem minha princesa.. - ele abre os braços, e ela se deita em um dos braços dele, os dois ficam abraçados, o rosto dela estava perto do pescoço dele, e os dois ficaram abraçados assim, durante alguns minutos, com os olhos fechados e sem dizer nada, apenas sentindo o perfume um do outro e as batidas do coração.
Até que Diego, quebrou esse silêncio..
Diego: Amor..
Roberta: Hum ?
Diego: Como foi o seu pesadelo ? Você acordou muito assustada.
Roberta: Eu não quero falar sobre isso amor
Diego: Mas eu tô preocupado e curioso até agora..
Roberta: Foi uma coisa horrível, eu não gosto nem de lembrar - ela disse com os olhos cheios de lágrimas
Diego: Tudo bem, não precisa chorar amor, se não quer falar, não fala, eu te entendo
Roberta: Eu vou falar amor..
Diego: Se não quiser, não precisa amor, se te incomodar, não precisa falar
Roberta: Eu vou falar, você tem o direito de saber 
Diego: Ok, então pode começar linda, mas, calma tá ?
Roberta: Tá bom. Foi assim........ - ela contou todo o pesadelo, e no final, ela já estava chorando bastante, ela ainda estava bem assustada com o pesadelo, e quando ela terminou Diego apenas a abraçou forte, como sempre fazia quando via que ela precisava desse abraço, ela o abraçou de volta, ainda chorando, e os dois permaneceram abraçados durante alguns minutos até ela se acalmar, e quando ele viu que ela parecia estar calma, ele se afastou, pra falar com ela.
Diego: Você tá mais calma amor ? - ele estava preocupado
Roberta:
Diego: Posso te falar uma coisa ?
Roberta: Pode
Diego: Eu nunca, nunca, nunca vou te abandonar, e nem abandonar meus filhos, eu nunca te traí com a Karen e muito menos com a Júlia, o único dia que eu saí sozinho com a Júlia e fiquei sozinho perto dela, foi o dia que a Alice e o Pedro foram no bar atrás de mim e fizeram o maior barraco lá, eles sabem que a Júlia queria ficar comigo, mas eu nunca quis ficar com ela, você sabe muito bem que a minha vida é você e que eu te amo mais do que tudo nessa vida, você entrou na minha vida pra me mostrar o que é o amor de verdade. Eu amo você e os meus filhos mais que tudo e prometo que nunca vou te trair e nunca vou te abandonar, é claro que a gente briga às vezes e com certeza vamos brigar algum dia daqui pra frente, mesmo sem a gente querer, mas acontece, só que trair, isso pode ter certeza que eu nunca farei e muito menos te abandonar.
Você é minha vida e eu nunca seria capaz de te machucar
Eu te amo muito, e nunca se esqueça disso tá ?



CONTINUA...

2 comentários:

Ana Beatriz disse...

++++++++++++++++++++++++++

Rebelde Para Sempre disse...

Vou postar outro só mais tarde..