quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Web Novela - ''Amor Eterno'' 81º CAPÍTULO


Pov Lua On'
Eu conversei com o Bruno e pedi pra ele não contar pro Arthur nada, e disse que ia embora cedo, depois da nossa conversa, ele disse que ia dormir, e eu falei que ele podia ficar no quarto comigo, porque eu não me importava, ele me deu um beijo na bochecha, me desejou boa noite e se deitou, eu me virei e dormi, e ele fez o mesmo.
AMANHECEU !
Eu acordei bem cedo, era 06:30, eu me levantei devagar, tentando não acordar o Bruno, fui ao banheiro, peguei meus sapatos, e quando eu ia saindo pela porta, o Bruno acordou.
Bruno: Aonde você vai ?
Lua: Vou na casa do Arthur, buscar minhas coisas e ir pro aeroporto.
Bruno: Por que não me chamou ? Eu disse que ia te levar lá - ele disse se levantando da cama
Lua: Desculpa, eu não queria te incomodar
Bruno: Não é incomodo nenhum Lua, eu vou trocar de roupa rápido e já vou te levar lá
Lua: Não precisa Bruno
Bruno: É claro que precisa Lu, se é que eu posso te chamar assim
Lua: Claro que pode
Bruno: Ok, então vou me trocar e já volto, me espera tá ?
Lua: Tá bom - ele foi ao banheiro, depois se trocou, enquanto eu esperei ele sentada na cama dele.
Alguns minutinhos depois, ele voltou pro quarto, já vestido.
Bruno: Você quer uma blusa ? Hoje tá frio, se você quiser, eu pego uma com a minha irmã.
Lua: Não precisa
Bruno: Jura ? - eu afirmei balançando a cabeça
Bruno: Então, podemos ir ? - ele disse pegando a chave do carro em cima do criado ao lado da cama
Lua: Aham - eu me levantei, saímos do quarto dele e descemos as escadas.
Bruno: Lua, você tá com fome ?
Lua: Não
Bruno: Mas nós vamos comer assim mesmo, você não comeu nada ontem
Lua: Eu comi chocolate
Bruno: Chocolate não sustenta, e se você ficar sem comer, pode passar mal, rapidinho a gente toma café e vai pra casa do Arthur tá ?
Lua: Tá bom - fomos tomar café, e quando chegamos lá, estava a família dele toda lá, eu acho, fiquei super vermelha né ?! Uma desconhecida na casa deles, se eu pudesse me enfiava dentro de um buraco agora.
Bruno: Bom dia família! - ele disse sorrindo e todos olharam pra gente
Beto: Bom dia filho!
Ana: Bom dia Bruno!
Rodrigo e Felipe: Bom dia mano !
Lívia: Bom dia Bru ! 
(PS: A Ana Simas é madrasta do Bruno, e essa Lívia não é irmã do Bruno na vida real, eu que inventei ;P ~ escritora intrusa saindo *u*)
Rodrigo: Até que enfim arrumou uma namorada né Bruno ? Quem é ela ? - ele disse olhando pra mim, eu fiquei mais vermelha que um pimentão.
Bruno: Deixa de ser idiota Rodrigo. Essa é a Lua, minha amiga.
Felipe: Amiga ? Você nunca traz nenhuma garota em casa, nem que seja uma amiga sua, não tá parecendo amizade não - ele olhou pra eu e o Bruno de mãos dadas
Bruno: É amiga sim, ela é a ex do Arthur.
Ana: Meninos, parem com isso, vocês estão deixando a moça com vergonha. Prazer Lua, meu nome é Ana Simas, sou madrasta do Bruno. 
Lua: Prazer dona Ana, meu nome é Lua Blanco.
Ana: Nada de dona querida, só Ana.
Lívia: Prazer Lua, meu nome é Lívia sou irmã do Bruno, do Rodrigo e do Felipe.
Beto: Prazer Lua, eu sou o Beto, pai dos meninos e da Lívia.
Lua: O prazer é todo meu gente.
Lívia: Senta aí pra tomar café com a gente Lua. - eu me sentei e Bruno sentou na cadeira do meu lado.
Felipe: Eu sou o Felipe, irmão dos Bruno, do Rodrigo e da Lívia, prazer.
Rodrigo: E eu sou o Rodrigo, prazer.
Lua: O prazer é todo meu meninos. - eu e o Bruno começamos a tomar café junto com a família dele.
Felipe: Então quer dizer que você é a ex do Arthur ?
Lua: É, eu sou - eu disse meio triste
Bruno: Pessoal, não vamos falar sobre o Arthur não, por favor.
Lívia: Você mora aqui na Inglaterra, Lua ?
Lua: Não, no Brasil.
Beto: Você é filha do Billy Blanco Jr. ?
Lua: Sim
Beto: Nossa! Que mundo pequeno, eu fiz faculdade com o seu pai.
Lua: Sério, que legal! - tomamos o café da manhã conversando, depois do café...
Bruno: Bom Lua, agora vamos ?
Lua: Vamos
Lívia: Aonde vocês vão ?
Bruno: Eu vou levar a Lua na casa do Arthur pra pegar as coisas dela pra ela ir embora
Rodrigo: Mas ela não é ex do Arthur ?
Bruno: É, depois eu te explico, agora a gente precisa ir não é Lua ?
Lua: É, foi um prazer conhecer todos vocês.
Beto: O prazer é todo nosso Lua.. quando vier aqui na Inglaterra novamente, venha nos visitar
Lua: Pode deixar que eu venho sim, e vocês, quando forem pro Brasil, pedem pro Bruno me avisar, aí vocês vão lá em casa.
Beto: Pode deixar que a gente avisa sim, tem muito tempo que eu não vejo seu pai, quero revê-lo.
Bruno: Agora a gente já tá indo, mais tarde eu volto pessoal.
Lua: Tchau pessoal, até qualquer dia.
Todos: Tchau Lua. - Bruno e eu saímos da casa dele, a família dele era super legal, adorei conhecê-los. Nós entramos no carro dele, e fomos até a casa do Arthur, já era 07:00, quando chegamos em frente a casa dele...
Bruno: Você quer que eu vá com você ?
Lua: Não precisa, eu já volto - eu saí do carro e fui até a casa dele, a empregada abriu a porta pra mim, eu perguntei sobre todo mundo, ela disse que Arthur e Pedro ainda estavam dormindo e que a tia Kátia e o tio Léo tinham saído pra trabalhar, então eu fui até o quarto de hóspedes onde eu estava ficando, troquei de roupa, peguei minhas malas, joguei tudo que eu havia trazido dentro delas bem rápido antes que o Arthur acordasse e me visse lá, peguei minhas malas, desci as escadas e saí de casa sem ninguém ver, quando eu chegasse no Brasil, eu ia ligar pra tia Kátia e iria explicar tudo pra ela e agradecer por ter me deixado ficar lá esses dias, cheguei no carro do Bruno, ele colocou minhas malas no porta malas do carro e entramos no carro.
Bruno: Vamos pro aeroporto ?
Lua: Vamos - seguimos pro aeroporto.
Quando chegamos lá...
Bruno: Tem certeza que não quer ficar lá em casa por alguns dias, depois você vai embora..
Lua: Não Bruno, obrigada! Eu acho melhor eu ir embora logo
Bruno: Ok, você que sabe - nós saímos do carro, ele tirou minhas malas do porta malas e entramos no aeroporto, fui ver se tinha algum voo pro Brasil, e para a minha sorte, teria um às 09:00, eu comprei minha passagem, e eu e o Bruno nos sentamos e ficamos esperando chegar a hora.
Lua: Não precisa ficar aqui comigo Bruno, você deve ter coisa melhor pra fazer
Bruno: Imagina Lua, eu fico aqui com você com o maior prazer, só vou embora quando você embarcar naquele avião.
Lua: Obrigada por tudo Bruno!
Bruno: De nada Lu! - ficamos lá até chamarem as pessoas para embarcarem.
Lua: É, chegou a hora de ir
Bruno: Infelizmente
Lua: Você promete que não vai contar pro Arthur nada ?
Bruno: Eu já prometi ontem e prometo de novo, eu não vou contar nada Lua.
Lua: Muito obrigada, você foi um amigo e tanto pra mim
Bruno: Não precisa agradecer Lu - nos abraçamos, depois nos despedimos e eu fui pro avião, e ele deve ter ido embora, entrei no avião, me sentei no lugar onde estava marcado, coloquei meu fone de ouvido e o avião levantou voo.
Agora não teria mais jeito, eu estava indo embora, e deixando para trás o amor da minha vida, que apesar de ter me traído, continua sendo o amor da minha vida. Mas quem sabe o melhor pra mim seja longe dele, afinal, longe dele eu até consegui viver direito, mas quando estamos juntos, sempre acontece algo pra nos separar, agora eu vou seguir minha vida no Brasil e se Deus quiser vai dar tudo certo lá.
Estou louca de saudades dos meus pais, da minha irmã, da minha best, das minhas amigos, dos meus amigos, do Rio de Janeiro, das prais, da escola... enfiiim, de TUDO!
Pov Lua Off'


CONTINUA...