terça-feira, 9 de outubro de 2012

Web Novela - ''Destinos Cruzados'' 7º CAPÍTULO


Pov Chay On'
Eu e a Sophia saímos do hospital, eu fui levar ela pra casa, ela estava cansada..
Depois de deixar ela em casa, em segurança, voltei pro hospital, e fiquei lá, esperando amanhecer...
Pov Chay Off'

AMANHECE.
Chay e a família de Arthur dormiram no hospital. Chay acordou cedo e foi buscar Sophia, que já havia ligado pra ele várias vezes pendido pra ele buscá-la.
Os Aguiar acordaram e ficaram esperando o médico chegar pra dar notícias de Arthur e pra liberar a visita deles.

Pov Arthur On'
Depois do acidente, acordei em uma cama de hospital, estava meio tonto, e não sentia meu corpo direito, as pernas eu já estava acostumado a não sentir, mas agora não estava sentindo nem meus braços.. devia ser efeito de algum remédio. Eu estava em um hospital muito chique, não sei qual hospital e nem sei como fui parar ali, afinal, eu não tinha dinheiro pra pagar um hospital assim e nem minha família tinha. Quando acordei, o doutor entrou no meu quarto, me aplicou um remédio na veia e disse que eu precisava descansar, e que no dia seguinte precisava conversar comigo, ele saiu do quarto e eu apaguei de novo.

Algumas horas depois...

Acordei naquele mesmo quarto, olhei pro lado e vi que tinha um relógio, marcava 06:00, estava bem cedo, e eu continuava não sentindo quase nada. De repente, o Dr. entrou no quarto.
Dr. Giovanni: Bom dia Arthur!
Arthur: Bom dia doutor!
Dr. Giovanni: Como está se sentindo ?
Arthur: Bem, quer dizer, eu não tô sentindo quase nada doutor.
Dr. Giovanni: É sobre isso que eu preciso conversar com você. Eu já conversei com seus pais e eles acharam melhor eu falar com você.
Arthur: Falar o que doutor ?
Dr. Giovanni: Bom Arthur, quando aconteceu o acidente, você teve uma lesão aguda na medula espinhal bem maior que a do seu primeiro acidente, aos 15 anos, e com essa lesão, você acabou ficando.. - o doutor travou e eu fiquei aflito
Arthur: Eu acabei ficando o que doutor ?
Dr. Giovanni: Arthur, você ficou tetraplégico.
Arthur: O QUE ? - eu dei um grito de desespero, isso não podia estar acontecendo comigo.
Dr. Giovanni: Eu não queria te dar essa notícia Arthur, eu lamento, mas você ficou tetraplégico.
Arthur: Não doutor, isso não pode estar acontecendo.. - eu balançava a cabeça pra lá e pra cá, afinal era a única coisa que se mexia no meu corpo, eu estava em choque.
Dr. Giovanni: Arthur, acalme-se, você pode voltar a se mexer..
Arthur: Como eu vou me acalmar doutor ? Eu posso voltar a me mexer se eu fizer uma cirurgia caríssima não é mesmo ? Como da última vez.. mas eu não posso pagar por esta cirurgia doutor.
Dr. Giovanni: Ela é bem cara sim, mas uma pessoa disse que vai pagá-la pra você
Arthur: Ah, é mesmo, quem ? O papai noel ? - eu estava muito nervoso
Dr. Giovanni: Não, a moça que te atropelou.
Arthur: Depois de tudo que ela me fez, quer consertar né.. se eu fizer essa cirurgia, eu vou voltar a me mexer ?
Dr. Giovanni: Não é certo, mas podemos tentar e ver o que dá, em muitas pessoas deu certo, e em outras não.
Arthur: Olha doutor, eu não quero saber de mais nada, o senhor podia me dar licença ?
Dr. Giovanni: Claro.. e quando você se acalmar, eu libero suas visitas
Arthur: Que visitas ?
Dr. Giovanni: Sua mãe, seu pai, seu irmão, e a Lua.
Arthur: Que Lua ?
Dr. Giovanni: A moça que te atropelou.
Arthur: Ah, ela quer me ver ?
Dr. Giovanni: Quer, ela disse que quer te conhecer e conversar com você
Arthur: Então mande ela vir
Dr. Giovanni: Você está muito nervoso, acho melhor se acalmar pra depois conversar com ela. Arthur, eu sei que está nervoso por ter ficado assim, mas não é bom descontar isso nas pessoas, principalmente na Lua, ela é uma moça de família muito rica mas é muito humilde, eu disse pra ela que você era de uma família humilde e expliquei seu caso todo pra ela, ela chorou e disse que fará de tudo pra você voltar a se mexer.. 
Arthur: Pode deixar ela vir aqui
Dr. Giovanni: Ok, eu vou pedir pra ela vir até aqui, só um minuto, com licença - o doutor saiu do meu quarto, eu ainda estava em choque, como isso podia ter acontecido comigo ? A tal Lua que me atropelou era rica, mas o doutor disse que ela é muito humilde.. ele disse que ela queria conversar comigo e eu liberei, agora vamos ver quem é ela, e o que ela quer falar comigo.

Alguns minutos depois, o doutor bate na porta e entra.
Dr. Giovanni: Arthur, posso mandar a Lua entrar ?
Arthur: Pode. - agora eu iria conhecer a tal Lua, que me atropelou e quase acabou com a minha vida !


CONTINUA...

Nenhum comentário: