terça-feira, 3 de setembro de 2013

Web Novela - ''Seus Filhos, Meus Filhos, Nossos Filhos'' 33º CAPÍTULO



19 de Fevereiro - Sábado - 10:00

Pov Lua On'
A semana passou rápido, hoje iria sair com Arthur, estou nervosa desde que acordei ..
Scarlett não pode vir na quarta-feira, teve uns problemas com o passaporte de Sarah, ela chegaria só no domingo a noite.
Já tinha tomado meu café da manhã, as crianças ainda estavam dormindo e eu estava no meu quarto, na sacada, pensando na vida.
Arthur me ligou na terça, na quarta e ontem, conversamos normalmente, coisas bobas, e ele insistia em me ligar bem tarde.
Não havia pensado em qual roupa iria usar, não estava ligando muito para isso, meu medo era a Roberta descobrir que eu sairia com Arthur e fizesse um escândalo.
Ah, não tava tão afim assim de sair com ele, mas não custa nada né ? Ele tá sendo até uma pessoa boa e carinhosa ultimamente, a única coisa que ainda me incomoda é aquele papo que tivemos um tempo atrás ..

Flash Back ON'
Arthur: Lua, posso te fazer uma pergunta ?
Lua: Você já fez. 
Arthur: Outra pergunta então.. 
Lua: Pode, você já fez tantas hoje né ? Uma a mais não vai fazer diferença.
Arthur: Ah, desculpa. É que eu não te conheço, e sou curioso 
Lua: Tudo bem, pode perguntar.
Arthur: Você é casada ?
Lua: Ah, por causa da aliança ? Essa aliança é do meu casamento com o Guilherme, meu marido que faleceu.
Arthur: Ah, me desculpe. Achei que tinha se casado novamente.
Lua: Tudo bem.
Arthur: Acho melhor eu ficar calado né ?! Já fiz perguntas idiotas demais.
Lua: Não tem problema, é bom que eu me divirto um pouco com suas ''perguntas idiotas''. Mas, me fala sobre você, até agora só sei que você é engenheiro 
Arthur: Ok, sou Arthur Aguiar, nasci no dia 03 de mar..
Lua: Não precisa falar isso tudo Arthur..
Arthur: Eu sei, estava brincando. 
Lua: Prossiga então.
Arthur: Tenho 28 anos e como você sabe, sou engenheiro, moro com meus pais e minha irmã Melanie, não tenho namorada, nem noiva, muito menos esposa, não tenho filhos...
Lua: Que tal um jogo rápido ?
Arthur: Como assim ?
Lua: Eu te faço uma pergunta e você responde, depois eu respondo e você me faz uma pergunta e por aí vai.. eu começo. 
Arthur: Ok
Lua: Cor preferida ?
Arthur: Azul
Lua: Preto
Arthur: Filme preferido ?
Lua: Cidade dos Anjos
Arthur: Ah, eu não tenho um preferido.
Lua: Signo ?
Arthur: Peixes
Lua: Peixes
Arthur: Um esporte ?
Lua: Ah, não sei.
Arthur: Futebol
Lua: Time ?
Arthur: Flamengo.
Lua: Vasco.
Arthur: Música preferida ?
Lua: Viva La Vida
Arthur: Não tenho uma preferida também.
Lua: Um lugar ?
Arthur: Las Vegas.
Lua: Orlando.
Arthur: Uma frase ?
Lua: ''Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?'' - Fernando Pessoa
Arthur: "Existem mais coisas entre o céu e a terra do que sonha a nossa vã filosofia."  - William Shakespeare
Lua: O que mais te irrita ?
Arthur: Acho que nada.
Lua: As brigas dos meus filhos.
Arthur: Um sonho ?
Lua: Ver meus filhos crescerem.
Arthur: Mudar de vida.
Lua: Prato preferido ?
Arthur: Escargot 
Lua: Sushi
Arthur: Sua maior qualidade ?
Lua: Sou muito amorosa.
Arthur: Sinceridade.
Lua: Seu maior defeito ? 
Arthur: Eu sou galinha.
Lua: Ciúmes.
Flash Back OFF'

Meu consciente diz que devo esquecer isso, e seguir minha amizade com ele, afinal, todo mundo pode errar e que ele pode mudar um dia.. mas eu ainda tinha um receio.
Parei com esses pensamentos, afinal o tempo estava passando, fui no quarto dos meus filhos e eles ainda dormiam tranquilamente, então voltei para o quarto, troquei de roupa e saí de casa, pra descontrair e comprar uma roupa para usar hoje a noite.

Dei uma volta pelo shopping, comprei uma saia linda e uma blusinha pra usar, aproveitei e comprei uma bolsinha pequena da Carmem Stefans linda. Sou apaixonada por bolsas !!!


ALGUMAS HORAS DEPOIS ...


Faltavam apenas 2 horas pra o Arthur chegar, e eu estava no meu quarto assistindo televisão com meus bebês lindos .. O dia passou rápido e foi bom, apesar de que eu fiquei o dia todo pensando na minha saída com o Arthur, ele ainda não deu sinal de vida, mas também não disse que ligava hoje, só combinou a hora que iria passar aqui, juro que se ele não viesse, eu nem ligaria, não tô tão afim de sair.
Tentei esquecer um pouco isso, e fui ver meus filhos, eles estavam tão quietinhos e quando olhei, os dois estavam dormindo tranquilamente, desliguei a televisão e fui pra sacada, o ar estava quente, nem parecia que estava a noite.
Me sentei no banquinho que tinha na sacada e fiquei pensando e pensando, até que Guilherme veio em meus pensamentos ...

Flash Back On'
Estava em casa, sozinha, meus filhos estavam na casa da minha mãe, chovia muito e eu aguardava Guilherme, ele estava em Cabo Frio e viria para casa depois de uma semana fora.. Estava preocupada, muito preocupada, a chuva só aumentava e já era 02:30 da madrugada. Última vez que falei com ele foi as 00:15, ele teria mais 2 horas de viagem e logo chegaria. 15 minutos do horário combinado se passou e ele não chegou, minha preocupação só aumentava, eu ligava para ele e só dava desligado, já não aguentava mais a agonia de esperá-lo, meu coração estava apertado.
Foi aí que alguém bateu na porta, só poderia ser ele, fui correndo e abri a porta, mas não era ele, era Micael e Sophia, meu cunhado e minha irmã, mas o que será que eles estavam fazendo aqui essa hora ? 
Lua: Micael ? Sophia ? O que fazem aqui essa hora ?
Sophia: A gente pode entrar Lu ?
Lua: Claro, entrem, mas não vão me dizer o por que de estarem aqui essa hora ? - eu dei espaço e eles entraram, Sophia foi direto para a cozinha e eu não entendi nada.
Lua: Micael ? - ele não dizia nada, estava com uma cara nada boa, já comecei a sentir algo ruim. Sophia chegou logo, com um copo de água na mão e o colocou em cima da mesinha de centro da sala.
Sophia: Senta aqui Lu - ela se sentou no sofá e eu sentei do lado dela, Micael sentou do meu lado, me deixando no meio.
Lua: Vocês estão me assustando, fala logo, são os meus filhos ? - Sophia negou com a cabeça e a abaixou.
Lua: A mamãe ? - ela negou novamente.
Micael: Lua, aconteceu um acidente com o Guilherme.
Lua: Ai meu Deus! Como ele tá ? Ele machucou muito ? Como foi o acidente ? Eu sabia que tinha alguma coisa nisso, ele tava demorando muito. - eu falei isso em pé já, andando pra lá e pra cá, desesperada.
Sophia: Lu, você vai ter que ser forte.
Lua: Como assim ? - ela se levantou e me abraçou, chorando, olhei para o Micael e ele abaixou a cabeça.
Micael: Lua, o Guilherme capotou o carro e morreu - ele se levantou e me abraçou dizendo isso, quando ele terminou de dizer, eu estava em choque, comecei a chorar e os dois me seguraram.
Lua: NÃO! NÃO PODE SER, NÃO, ELE NÃO MORREU, ELE NÃO MORREU! - eles me sentaram no sofá e Sophia me entregou o copo com água e açúcar.
Sophia: Toma Lu, se acalma, você vai ter que ser forte minha irmã. - peguei o copo e o joguei longe, estava desesperada, aquilo não podia estar acontecendo comigo, não comigo, eu amava tanto o meu marido, ele não poderia me deixar, ainda mais com duas crianças pequenas.
Lua: ME DIZ QUE ISSO É MENTIRA, ME DIIIIIZ !! NÃO PODE SERRR, ELE NÃO MORREU, EU AMO ELE, ELE NÃO PODE ME DEIXAR, NÃÃÃÃÃO ! - eu me levantei e comecei a gritar e chorar, Sophia não sabia o que fazer, chorava quieta no sofá enquanto Micael tentava me acalmar, eu acabei acordando os empregados e Sophia os explicou o que aconteceu, já eu, estava transtornada, minha vida teria acabado, meu mundo caiu.
Flash Back OFF'

Passou um filme na minha cabeça.. e eu já terminei essa história chorando, eu não conseguia me lembrar desse dia e não chorar, corri para o banheiro, lavei o rosto e tentei me acalmar, meu telefone tocou e foi aí que eu vi que já era 20:20, e Arthur estava me ligando. Atendi e voltei pra sacada.

LIGAÇÃO ON'
Arthur: Lua ?
Lua: Oi Arthur - eu disse tentando recuperar a minha voz, mas continuei com voz de choro.
Arthur: Tá tudo bem ?
Lua: Sim, tudo bem e com você ?
Arthur: Eu estou bem. Tem certeza que esta bem ?
Lua: Sim.
Arthur: Se você diz .. nossa saída tá de pé ?
Lua: Sim.
Arthur: Então tá bom, 21:30 passo ai, ok ?
Lua: Ta bom Arthur, beijos.
Arthur: Beijos.
LIGAÇÃO OFF'

Tinha desanimado de sair, mas depois dessa crise de choro e esses pensamentos, resolvi ir tomar um banho pra sair com Arthur, talvez faça bem pra mim, eu só fico dentro de casa sempre, só saio com meus filhos, preciso de ar.

Depois de tomar meu banho, coloquei um roupão e fui colocar meus filhos nas camas dele, levei um de cada vez no colo para seus respectivos quartos e voltei para me arrumar.
Sequei meus cabelos, fiz uns cachos nas pontas com o babyliss, fiz uma maquiagem mais pesada e me vesti. 
Quando terminei, já era 21:30, estava na hora do Arthur chegar, então peguei minha bolsa e meu celular e quando terminei de descer as escadas, meu celular vibrou, era uma mensagem dele:
''Estou na porta da sua casa, beijos !''
Fui até a porta, a abri e o carro dele estava na porta, acenei para ele que estava do lado de fora do carro, ele sorriu e abriu a porta do carro para mim, fechei a porta de casa e fui até o carro, entrei, ele fechou a porta e deu a volta, entrando no carro logo em seguida.
(Look Lua - http://fashion.me/marcellavictoria/snips/274077.635138265000000000)
(Look Arthur - http://fashion.me/marcellavictoria/snips/274077.635138274600000000)
Arthur: Boa noite Lua! - ele me deu um beijo na bochecha.
Lua: Boa noite Arthur! 
Arthur: Está linda, como sempre .. - fiquei meio sem jeito, e envergonhada, não é sempre que se ganha um elogio.
Lua: Obrigada! Você também está. - ele sorriu e colocou o cinto de segurança, eu coloquei logo em seguida.
Lua: Aonde iremos ?
Arthur: Você é quem irá escolher.
Lua: Ah não, escolhe você, não sou muito de sair de casa, nem conheço os lugares direito.
Arthur: Que tal irmos jantar e depois passamos na boate Long Life, já foi lá ?
Lua: Não, mas ouvi falar, é boa ?
Arthur: Não, Micael me disse que é boa, ele já foi lá com a Sophia.
Lua: Ah sim, então tudo bem.
Arthur: Japonês, tailandês ou italiano ?
Lua: Oi ?
Arthur: O restaurante Lu. - nós rimos
Lua: Ah tá, italiano, pode ser ?
Arthur: Claro, já disse que hoje você é que escolhe. - ele sorriu pra mim, eu sorri e ele deu a partida.
Pov Lua Off'


CONTINUA ...

Nenhum comentário: