quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Web Novela - ''Medo de Amar 2ª Temporada'' 15º CAPÍTULO

15º Capítulo - Diego e Roberta brigam 

Sexta - Feira - 15:00

Pov Lua On'
Ah, enfim sexta-feira.. 
Combinei com o Thur e ele vai vir aqui em casa agora, afinal meus irmãos estão no colégio, mamys tá trabalhando e esse final de semana eu não vou pra casa do papis *-*
Eu e o Thur estamos ficando, desde o meu aniversário de 15 anos.. só a Melzinha e a mamys que sabe, o Diego tava meio desconfiado mas acho que enrolei o pirralho e o meu pai não pode nem sonhar que eu tô ficando com o Arthur, o tio Pedro não acha legal isso porque somos ''primos'', mas tô nem ligando..

Estava com este biquíni: http://www.coisasdethalithaloja.com.br/lojas/vwa5n/produtos/4aa81481-0e9b-4160-96e4-b59aa96f6c4e.jpg

Estava esperando o Thur na beira da piscina, já tinha avisado a Michelle pra deixar ele entrar.. e logo ele chegou, estava com uma bermuda vermelha que deixava sua cueca a mostra, a camisa pendurada no ombro, óculos escuros e chinelo.. eu me levantei, ele veio até mim e jogou a camisa na espreguiçadeira.
Arthur: Oi minha linda !
Lua: Oi neném ! - ele me deu um selinho.
Arthur: Sabia que você tá mais linda hoje ? - ele me agarrou pela cintura.
Lua: Não, você que tá gato, o meu gato, sempre gato. - agarrei-o pelo pescoço e nos beijamos lentamente por alguns segundos, ele parou o beijo com selinhos.

Arthur: Tem certeza que não tem ninguém aqui na sua casa Lu?
Lua: Tenho, só tem a gente e a Michelle aqui.
Arthur: Ótimo. - ele sorriu pra mim, se deitou na espreguiçadeira, logo me puxou, me fazendo deitar no meio de suas pernas.
Arthur: Adoro ficar assim com você sabia..
Lua: Também gosto, me faz bem.
Arthur: Tava pensando hoje.. se o seu pai descobrir que a gente tá ficando, ele me mata Lu, eu não quero parar de ficar com você, mas acho que vai ser preciso, meu pai já tá me enchendo falando que o seu pai tem que saber disso logo e tal.
Lua: Ah não, eu não quero isso.
Arthur: Nem eu linda, mas e o seu pai ? O que a gente vai fazer ?
Lua: Depois a gente pensa nisso, hoje eu quero ficar o dia todo com você. - ele beijou a minha testa e depois me deu um selinho.
Arthur: Tudo bem, tudo bem.. que tal um mergulho ? - a gente se levantou.
Lua: Ah Thur, a água ta gelada - eu me afastei.
Arthur: Eu te esquento linda ! - ele veio pro meu lado com aquele sorriso misterioso.
Lua: Nem pense em fazer isso. 
Arthur: Isso o que ? Não tô pensando em nada.
Lua: Não Thur, eu te conheço, não me joga na água.
Arthur: Relaxa princesa.. - ele me pegou no colo e pulou na piscina.
Lua: Eu vou te matar - eu comecei a jogar água nele, ele me imprensou na piscina e segurou meus braços.
Arthur: Mata nada, se for pra me matar, que seja de amor, de carinho. - dito isso, ele me beijou.

XxXxX: LUA MARIA ! SAIA JÁ DESSA PISCINA ! - paramos o beijo imediatamente, era o meu pai, eu estava ferrada.. saí da piscina correndo e me enrolei em uma toalha.
Lua: Papai, eu posso explicar.. - eu disse baixinho.
Diego: É claro que você pode explicar, se é que precisa né ?! - Arthur saiu da piscina e veio até nós.
Arthur: Padrinho, a culpa é minha.
Diego: Lua, entra agora pra dentro de casa. - eu saí correndo e entrei em casa, meu pai era ótimo, o melhor pai do mundo, mas como todos os pais desse mundo, era muito ciumento comigo e com a Mel.
Diego: E você Arthur, me espere aqui, precisamos conversar.. 

Fiquei sentada na cama do meu quarto, e logo meu pai chegou..
Lua: Papai, a culpa é minha.
Diego: Lua, sua mãe sabia desse ''namoro'' de vocês ?
Lua: A gente não tá namorando papai.
Diego: Sabia ou não sabia Lua?
Lua: Papai, a mamãe não tem nada a ver com essa história.
Diego: Lua Maria, me responda.
Lua: Sabia papai, mas não briga com ela, a culpa não é dela.
Diego: Quem mais sabia ?
Lua: Ninguém.
Diego: Lua, pare de mentir para mim. Quem mais sabia?
Lua: A Mel, a tia Sophia e o tio Micael.
Diego: Então vocês queriam me fazer de palhaço não é mesmo ?
Lua: Papai não é isso..
Diego: É isso sim, se todos sabiam e eu não sabia, estavam me fazendo de palhaço. Olha Lua, sei que você está na idade de namorar, não concordo com isso, mas, ficar com o seu primo não é a melhor maneira de tentar fazer com que eu te deixe namorar.
Lua: Mas papai, eu gosto do Arthur..
Diego: Pare de gostar, ele é seu primo Lua, seu primo. 
Lua: Falando assim você parece um idiota, até parece que é apaixonado pela mamãe até hoje, e não adianta dizer que não, você ainda a ama e sabe muito bem que não é fácil deixar de gostar de alguém.
Diego: Eu amo a sua mãe sim, não minto, mas isso não vem ao caso, ela não era minha prima quando me apaixonei por ela, e não admito você me chamar de idiota, eu sou seu pai Lua Maria, me respeite.
Lua: Eu não vou largar o Arthur.
Diego: Vou te dizer apenas algumas coisas Lua.. Você está de castigo, não poderá sair de casa a não ser para a escola, nada de cinema, praia, shopping, vou colocar um segurança atrás de você, está proibida de se encontrar com o Arthur e vai ficar sem celular durante 2 meses. Sua mãe terá que aceitar isso, vou conversar com ela.
Lua: Papai, não faz isso comigo.
Diego: Se tivesse pensado antes de fazer as coisas, não estaria recebendo este castigo. Sou seu pai, te amo mais que tudo nessa vida, mas não admito esse tipo de coisa.
Lua: Eu odeio você papai, odeio ! - eu já estava chorando, me levantei da cama e fui para o banheiro.
Pov Lua Off'

Pov Arthur On'
Estava com a Lua na casa dela quando de repente, o pai dela apareceu. Ele disse que quer conversar comigo e subiu para falar com a Lua, acho que agora o bicho vai pegar pro meu lado e pro dela também.
Me sequei e fiquei esperando ele.. uns 15 minutos depois ele apareceu.

Diego: Arthur, já conversei com a Lua, e proibi ela de te encontrar. Não tenho nada contra você, muito pelo contrário.. você é meu sobrinho e afilhado e não acho legal esse relacionamento de vocês. Saiba que tudo que estou fazendo é para o bem de vocês.
Arthur: Ela está proibida de me encontrar ? Não acha isso demais não padrinho ?
Diego: Pode ser demais, mas é o necessário.
Arthur: A gente não tava fazendo nada demais.
Diego: Arthur, sem discussões.
Arthur: Não estou discutindo, apenas não concordo com isso. Mas se o senhor acha isso certo, nada posso fazer. Me desculpe e até breve. - peguei minhas coisas e saí da casa da Lua. Estava com raiva, muita raiva do meu padrinho, mas isso já é o que eu esperava.. Espero que a Lua esteja bem, eu não quero vê-la triste.
Pov Arthur Off'

Pov Diego On'
Depois de conversar com a Lua e com o Arthur, fui até a sala de estar tomando uma dose de Whisky e liguei a televisão. Como não tinha cirurgias marcadas e nem pacientes, fiquei esperando Roberta chegar em casa.

2 HORAS DEPOIS ...

Fui acordado pela Roberta, depois de duas doses de Whisky, acabei cochilando no sofá.
(Roberta: http://www.hagah.com.br/rbs/image/12492048.jpg)

Roberta: Diego, o que você faz aqui ? - me levantei, morrendo de dor de cabeça.
Diego: Preciso conversar com você, e é serio. Antes preciso de um remédio pra dor de cabeça.
Roberta: Mal chegou e já bebeu não é mesmo ?
Diego: Estava estressado, só isso. - fui até a cozinha, bebi o remédio e voltei para a sala.
Roberta: Diga então, o que te estressou e o que te trouxe aqui. - ela estava sentada, de pernas cruzadas.
Diego: Eu já descobri tudo. - meu semblante mudou e ela percebeu..
Roberta: Descobriu o que ?
Diego: Encontrei a Lua e o Arthur se beijando na piscina.
Roberta: Ah, é só isso ? - ela parecia despreocupada.
Diego: Só isso ? Roberta por que você escondeu isso de mim ? Eu também sou responsável pela Lua, sou pai dela.
Roberta: Não te contei porque sabia que você ia fazer esse escândalo. Cadê ela ? E o que você disse para ela ?
Diego: Ela está no quarto. E eu a coloquei de castigo.
Roberta: Quanto exagero Diego.
Diego: Exagero? Eu não admito que a minha filha fique com o primo dela.
Roberta: Ai Diego, não complica as coisas. Qual será o castigo da Lua?
Diego: Ela não vai sair de casa a não ser para a escola e junto de um segurança, vai ficar sem celular durante 2 meses e tá proibida de se encontrar com o Arthur.
Roberta: Ela também é minha filha e eu não aceito isso, você está passando dos limites.
Diego: Se você não aceitar isso, vou tomar a guarda dos meus filhos.
Roberta: Você não seria capaz disso.. 
Diego: Você está atrapalhando o meu direito de pai, não está deixando eu cuidar dos nossos filhos como um pai deve cuidar Roberta.
Roberta: Se você quisesse mesmo cuidar deles, estaria aqui sempre.
Diego: Eu venho aqui quase todos os dias Roberta.
Roberta: Quase todos os dias não é todo dia, eles sentem falta sabia ? Eu estou aqui sempre com eles, sempre. Se não fosse eu, eles não estariam com boas notas no colégio e não estariam bem de saúde, você só fala com seus filhos coisas banais, quando eles estão precisando mesmo de você, você não está aqui. - ela disse com lágrimas nos olhos.
Diego: Roberta não usa nossos filhos como desculpa, eu sei que você queria que eu tivesse continuado casado com você, mas a escolha foi sua.
Roberta: Ah Diego, quer saber.. Eu cansei, cansei de tudo, faz o que você quiser, vai na justiça, vai até pro inferno se você quiser, agora some da minha frente, sai da minha casa e vê se dá mais atenção pros seus filhos. - ela saiu chorando e subiu para o seu quarto, eu até pensei em ir lá, mas resolvi deixar ela esfriar a cabeça, tomei mais uma dose de whisky e fui para meu apartamento.
Pov Diego Off'


CONTINUA...

6 comentários:

Juh Gomes disse...

Posta +++++++++++++++++++
Ameeii *-*
Faz eles voltarem logo :)

Unknown disse...

ta mto boa sua web so que eu acho que roberta e diego deveriao ter so a lua ai vc faz eles voltarem e vc engravida pensa nisso e posta mais pff

Ana Cardoso disse...

Continua!

eleninha disse...

posta +++++++++++++++++++++++++++++

eleninha disse...

porque parou de postar?????????pista mais!!!!!!!!!!!!!!!!

maria clara oliveira disse...

Posta mais adoreia sua web mal comessei a ler e ja adorei a sua web.voce escreve muito bem,nao pare de escrever por favor